Eleições 2018

Piqui quer Júlio Pina deputado estadual para representar Niquelândia na assembleia

Vereador do PSD defende eleição de ex-secretário de Saúde de Senador Canedo para reforçar apoio às demandas por consultas, exames e cirurgias complexas em hospitais da rede pública de Goiânia e de Anápolis, em função da distância da cidade do Norte do Estado com a região metropolitana da capital

Vereador que cumpre seu segundo mandato consecutivo em Niquelândia, Erivaldo Mendanha da Silva – o popular Piqui (PSD) – esteve na redação do Portal Excelência Notícias na cidade na manhã da sexta-feira (21) para detalhar seu posicionamento político às eleições estaduais deste ano, marcadas para o próximo dia 7 de outubro.

Após muito refletir, Piqui vestiu a camisa das candidaturas do ex-secretário de Saúde de Senador Canedo, Júlio Pina (PRTB) para deputado estadual; e do atual deputado estadual Francisco Júnior, de seu partido, o PSD, que busca vaga de deputado federal no Congresso Nacional. Desde meados de agosto, Piqui trabalha nesta dobradinha com os eleitores da cidade do Norte do Estado.

O vereador está confiante de que o governador José Eliton Júnior (PSDB) poderá chegar ao segundo turno, apesar do cenário amplamente favorável para que o senador e candidato de oposição, Ronaldo Caiado (DEM) vença ainda no primeiro turno.

E, ao contrário do que possa parecer, Piqui segue defensor da tese que Niquelândia tenha um representante na Assembleia Legislativa de Goiás em Goiânia, a partir do dia 1º de janeiro de 2019. Porém, numa conjuntura particularmente diferente do que havia programado para a ascensão de sua bem-sucedida carreira política no município.

Ele próprio – há quatro anos, em 2014 – alimentou esse sonho de representar a cidade em Goiânia quando foi candidato a deputado estadual pelo PSL, partido pelo qual elegeu vereador pela primeira vez em 2012, obtendo 361 votos.

Dois anos depois, na disputa por uma vaga de deputado por Niquelândia no Palácio Alfredo Nasser, Piqui obteve 3.490 votos. Desse total, obteve a confiança de 2.938 eleitores e foi o candidato mais votado de Niquelândia, onde projetou-se politicamente.

Segundo Piqui, o presidente estadual do PSD, Vilmar Rocha – que é filho de Niquelândia – percebeu seu potencial eleitoral e o convidou para as fileiras do partido, para o qual se filiou em março de 2016. Em processo de fortalecimento desde sua fundação em 2011, o PSD disputaria sua primeira eleição municipal em todo o País.

A LUTA PARA PROVAR A LEGALIDADE DAS CONTAS – Reeleito vereador há dois anos, Piqui acabou não tomando posse em em janeiro de 2017. Na ocasião,lutava desde setembro daquele pleito, ainda no período eleitoral, para provar a legalidade das prestações de contas da campanha de deputado estadual.

Com tudo resolvido, em outubro de 2017 após recurso junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em Brasília, Piqui assumiu seu novo mandato e retornou ao Legislativo, ocupando a cadeira que estava com o então vereador Reginaldo Rocha (MDB).

CONJUNTURA ATRAPALHOU NOVA CANDIDATURA À ASSEMBLEIA – Na conversa com o Excelência Notícias, Piqui revelou que era desejo de Vilmar Rocha; e do presidente do PSD em Niquelândia, Valdemi Ferreira da Silva (o Valdemi do Taxi) que ele disputasse nova candidatura de deputado estadual desta vez pelo PSD, representando Niquelândia tal como havia tentado em 2014.

Mas os 10 meses ‘perdidos’ sem mandato em 2017 até seu retorno ao Legislativo, segundo Piqui, representaram dificuldades na organização da sua pré-candidatura a deputado com suas bases eleitorais.

Segundo Piqui, após sucessivas conversas com outro vereador de Niquelândia – Agnaldo Batista Rocha, o popular Agnaldo da Van (PP) – houve sua aproximação política há cerca de três anos com o então titular da pasta da Saúde de Senador Canedo. E isso de forma bastante natural já que Agnaldo da Van é primo do vereador Inocencio Goncalves de Souza, o popular Moraes, também flilado ao PRTB candense.

CIRURGIAS PARA NIQUELANDENSES – De acordo com Piqui, dada a experiência administrativa de Júlio Pina para ‘destravar’ questões de ordem burocrática junto à Secretaria Estadual de Saúde, cerca de 30 pessoas de Niquelândia passaram por exames específicos e cirurgias de média e alta complexidade em hospitais da rede pública de Goiânia e de Anápolis após pedidos do vereador para Pina, nos últimos três anos.

Segundo Piqui, a proximidade de Senador Canedo com as maiores cidades do Estado também contribuiu para que vidas de niquelandenses fossem salvas por intermédio de Júlio Pina.

Piqui salientou que os 300 quilômetros que separam Goiânia do município do Norte do Estado representam grandes dificuldades para o acompanhamento e o efetivo encaminhamento de solicitações de cirurgias eletivas (que podem aguardar) ou mesmo de emergência.

Ainda de acordo com o vereador, o candidato a deputado estadual pelo PRTB também possui fazenda na zona rural de Niquelândia na região do Acaba-Saco, com acesso pela rodovia GO-237, na direção de Uruaçu.

SERVIÇOS PRESTADOS – “Nesses quase três anos que eu o conheço, o Júlio Pina vem prestando um excelente serviço, de forma permanente, nos ajudando muito em questões da área da Saúde, atendendo várias demandas que eu pleiteei para ele. Fizemos, também, um mutirão de atendimentos médicos em Niquelândia, com a presença de vários especialistas, num único dia. Então, como eu não fui candidato e também pelo fato de que não houve nenhum candidato politicamente viável (para se eleger) aqui em Niquelândia, procurei dar meu apoio a um nome que tivesse comprovadamente um serviço prestado aos nossos munícipes. E, nas conversas que tive com o Vilmar Rocha e com o Francisco Júnior, cheguei a conclusão de que essa minha parceria política para a eleição do próprio Francisco Júnior, para deputado federal; e do Júlio Pina, para deputado estadual, eram a melhores opção para o nosso município. Os dois representam a renovação na política e o Júlio Pina, por nunca ter sido candidato a deputado estadual, atende ainda mais esse sentimento e a expectativa da população goiana e do Brasil pela eleição de ‘caras novas’. O Júlio é muito ligado à área da Saúde e, antes de deixar de ser secretário em Senador Canedo, me ajudava praticamente todos os dias com esses encaminhamentos.”, comentou o vereador Erivaldo Piqui.

AS CHANCES DO PRTB NA DISPUTA – Ainda de acordo com Piqui, o PRTB em Niquelândia é presidido pelo empresário do ramo da panificação, Marcelo Bittencourt, outro importante apoiador de Júlio Pina na cidade.

Na eleição proporcional para deputado estadual e federal em Goiás, o PRTB (sigla do “Partido Renovador Trabalhista Brasileiro”) fechou coligação com o PMN (Partido da Mobilização Nacional). Segundo o vereador de Niquelândia, estima-se que o candidato a deputado estadual Júlio Pina precisará de cerca de 15.000 votos para eleger.

Com 110.000 habitantes e pouco mais de 71.000 eleitores, Senador Canedo tem potencial para eleger de dois a três deputados estaduais, segundo Piqui. Porém, de acordo com o vereador de Niquelândia, Júlio Pina está fazendo campanha em mais de 100 cidades do interior do Estado para aumentar suas chances na disputa.

Erivaldo Piqui, vereador do PSD em Niquelândia esteve na redação do Portal Excelência Notícias para detalhar seus apoios às candidaturas de Francisco Júnior (PSD) para deputado federal e de Júlio Pina Neto (PRTB) para deputado estadual: prejudicado por disputa judicial para confirmar legalidade de suas contas de campanha quando pleiteou mandato de deputado estadual em 2014, Piqui abriu mão de nova candidatura este ano por ter assumido segundo mandato de vereador apenas em outubro do ano passado e ter perdido tempo hábil para se estruturar politicamente (Foto: Euclides Oliveira)
Palavras-chave

Veja também