Eleições 2018

Machadinho tem apoio de Caiado na luta por vaga de deputado estadual

Azarias Machado, do Podemos, tem vida pessoal e negócios consolidados em Uruaçu e em Niquelândia há 35 anos e quer representar o Norte na Assembleia Legislativa: em 2016, Machadinho obteve mais de 8.000 votos e ficou em segundo lugar na disputa pela Prefeitura de Uruaçu

A simplicidade e boa prosa do empresário e pecuarista Azarias Machado Neto (Podemos) – o popular Machadinho, de 60 anos, que é candidato a deputado estadual nas eleições marcadas para o próximo dia 7 de outubro – está positivamente na contramão dos políticos ‘paraquedistas’ que pedem votos no Norte do Estado a cada quatro anos.

Candidatos “de fora”, normalmente, derramam rios de dinheiro na região para corromper pseudo-lideranças e nunca mais se lembram dos moradores de Uruaçu, de Niquelândia e de outras cidades próximas em suas necessidades mais urgentes junto ao Governo de Goiás.

Mas, para combater essa situação nefasta, Machadinho conta com o apoio do senador e candidato ao Governo de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), nesta empreitada para chegar à Assembleia Legislativa de Goiás em janeiro de 2019.

Machadinho está encarado árdua campanha em que trabalha dia e noite para obter entre 18.000 e 20.000 votos. Somente em Uruaçu, onde o filho de Itumbiara mora há 33 anos, Machadinho almeja obter 12.000 votos. Caiado, segundo as mais recentes pesquisas do Instituto Serpes/O Popular, possui 42,3% das intenções de votos dos goianos e trabalha para vencer o pleito ainda no primeiro turno.

Machadinho conversa com eleitor em visita durante a campanha para deputado estadual: homem simples e de conversa fácil, mora há 33 anos no Norte do Estado e escolheu Uruaçu e Niquelândia para fomentar seus negócios [Foto: Divulgação/Assessoria do Candidato]
Em recente entrevista exclusiva ao Portal Excelência Notícias durante evento político em Niquelândia, Ronaldo Caiado disse que a eleição de Machadinho é fundamental para seu eventual governo e para o Norte do Estado, defendendo a vitória de ambos no pleito que ocorrerá daqui a 27 dias.

CAIADO DESTACA CREDIBILIDADE DE MACHADINHO – “Tenho a certeza absoluta de que o Machadinho estará na Assembleia Legislativa no próximo ano por seu trabalho, por sua humildade e por sua competência. Para nos ajudar a governar o Estado, será fundamental que tenhamos uma pessoa como o Machadinho para propor as mudanças e um novo modelo de governança aqui em Goiás. Precisaremos do apoio da maioria dos deputados estaduais na assembleia e o Machadinho será um desses nomes. Trata-se de uma pessoa que a sociedade uruaçuense conhece sua vida pregressa; o seu trabalho; e sua capacidade política de aglutinar forças para sua vitória. Não apenas Uruaçu, mas toda a Região Norte de Goiás, terá a fala e a presença de um líder como Machadinho em Goiânia, que saberá representar o que falta para povo desta região: representantes independentes com dignidade e altivez, que tenham credibilidade para poder cobrar do governador não os seus interesses pessoais, mas cobrar sim por benefícios do Estado em favor da sociedade. E o Machadinho está muito preparado para essa missão”, afirmou o senador Ronaldo Caiado.

“Para nos ajudar a governar o Estado, será fundamental que tenhamos uma pessoa como o Machadinho, eleito como deputado estadual da nossa base, para propor as mudanças e um novo modelo de governança aqui em Goiás”, afirmou o senador Ronaldo Caiado, juntamente com Machadinho, em entrevista ao jornalista Euclides Oliveira, do Portal Excelência Notícias, em Niquelândia [Foto: Carlos Faustino/Português]
CAMPANHA PARA PREFEITO DE URUAÇU CREDENCIOU MACHADINHO  – A primeira candidatura a um cargo público foi em 2016: igualmente com o respaldo de Caiado, Machadinho era filiado ao DEM e atingiu o auge de sua popularidade em Uruaçu nas eleições municipais. Há dois anos, indicado pelo Sindicato Rural de Uruaçu, Machadinho obteve 8.073 votos (36,84% dos votos válidos) na disputa para o cargo de prefeito da cidade.

Machadinho ficou em segundo lugar no pleito com apenas 559 votos de diferença para o então candidato e atual prefeito Valmir Pedro (PSDB), que obteve 8.632 votos (39,39% dos votos válidos).

E, na comparação com a votação obtida pela então prefeita Solange Bertulino (PMDB) – 3.962 eleitores, que foi a terceira colocada com 18,08% dos votos naquele pleito – a diferença que Machadinho obteve de vantagem chegou a impressionantes 4.094 votos. Ficar à frente de Solange, sem nunca ter sido candidato a nada, também foi um feito histórico de Machadinho em 2016.

Machadinho recebe o carinho de eleitora durante sua campanha no Norte do Estado: realizado profissionalmente e pessoalmente, o candidato a deputado estadual pelo Podemos não perdeu a simplicidade, sua principal característica [Foto: Divulgação/Assessoria do Candidato]
A ALEGRIA PELOS 8.000 VOTOS – “Naquela eleição, o Sindicato Rural de Uruaçu fez uma lista com possíveis 10 nomes do ramo do agronegócio para uma candidatura a prefeito. O processo afunilou e eu acabei sendo o indicado. Como havia dado minha palavra, segui em frente, embora reconhecesse que tinha certas limitações para falar em público. Fui melhorando aos poucos e, com o apoio do nosso grupo inicial, fomos formando outros grupos em Uruaçu. Queríamos a melhoria da cidade pois, se você não tiver coragem de colocar o seu nome à disputa política, os corruptos terão essa disposição. Eles compram e pagam, simplesmente. Eu sempre digo que não perdi a eleição para o Valmir, em 2016. Não virei prefeito, mas ganhei em alegria, pois nunca imaginei que o povo de Uruaçu tivesse tamanho carinho e respeito por mim, a ponto de me dar mais de 8.000 votos. E foi esse fato, fundamentalmente, que me deixou motivado para essa disputa a um cargo de deputado estadual para representar Uruaçu e toda nossa região”, comentou Machadinho em entrevista ao Excelência Notícias na última semana.

FOMENTO À GERAÇÃO DE EMPREGOS – O papo aberto e franco de Machadinho com seus eleitores surpreende porque, se quisesse, o candidato a deputado estadual pelo Podemos poderia dedicar-se somente a seus negócios (criação de gado e transportadora). Mais de 100 pessoas (e suas respectivas famílias) estão vinculadas formalmente à Machadinho por contratos formais de trabalho, há muitos anos.

Preocupado com a necessidade do avanço econômico e social da população uruaçuense; e também com a população de Niquelândia (onde possui uma fazenda na região do Aranha, desde 1985), Machadinho defende que ambas as cidades precisam de um deputado estadual atuante na Assembleia Legislativa de Goiás para fomentar a geração de empregos nas duas cidades, junto ao governo estadual.

Machadinho, na entrevista exclusiva ao Portal Excelência Notícias em Uruaçu na última semana, destacou que pretende fomentar a geração de empregos em Uruaçu, em Niquelândia e em outras cidades do Norte do Estado que não contam com indústrias, com apoio de Ronaldo Caiado, que disputa o Governo do Estado (Foto: Carlos Faustino/Português)

Vagas essas que o empresário-candidato não consegue suprir sozinho, em suas atividades privadas. O quadro, lembrou Machadinho, é ainda pior em Niquelândia, cidade que foi fortemente abalada pela paralisação das atividades de extração de minério de níquel da Votorantim Metais em 2016. Isso causou retração econômica nos cofres públicos da cidade hoje administrada pelo prefeito Fernando Carneiro (PSD).

“Conheço muito bem Niquelândia e sei bem a falta que estão fazendo os recursos da mineração. Temos que ser ‘bairristas’ mesmo e eleger um candidato nosso, que tenha vínculo efetivo com Uruaçu e com Niquelândia, enfim. Precisamos ter mais empresas e tenho credibilidade para estimular a industrialização para Uruaçu, para Niquelândia, e para as cidades circunvizinhas”, afirmou Machadinho, que faz dobradinha em Uruaçu com o deputado estadual José Nelto, também do Podemos, que disputa vaga de deputado federal esse ano.

De acordo com o candidato a deputado estadual, em outras cidades da região (como Campinorte; Alto Horizonte; Nova Iguaçu de Goiás; Estrela do Norte; Amaralina e Mara Rosa) – onde sua campanha tem prosperado – o sentimento é que o Norte do Estado hoje se ressente também pela falta de governador realmente comprometido com as necessidades da região.  Por isso é que Machadinho defende a eleição de Ronaldo Caiado para comandar o Estado, em outubro.

“Nosso senador e futuro governador, Ronaldo Caiado, veio até mim e disse que me queria como candidato de sua base na assembleia aqui no Norte; que queria me ver eleito deputado estadual de sua bancada em Goiânia, na assembleia. Dos partidos que o Caiado me indicou, acabei me identificando com o Podemos e, graças a Deus, nossa campanha vai indo muito bem”, afirmou o candidato a deputado estadual.

Além do Norte, Machadinho também está fazendo campanha em Itumbiara (sua terra natal); e também com uruaçuenses que residem em Goiânia; em Anápolis; em Senador Canedo; e em Vianópolis, dentre outras localidades.

Militância de Machadinho na caça aos votos para a eleição de deputado estadual: “Nós gostamos muito dele, é um candidato muito fácil de carregar porque é muito querido e muito conhecido por aqui”, disse uma cabo eleitoral de Machadinho [Foto: Divulgação/Assessoria do Candidato]
Palavras-chave

Veja também