Publicidade

Niquelândia

Legado Verdes do Cerrado/CBA e Bombeiros unidos para reduzir queimadas

Parceria garantiu palestras educativas em 12 escolas e capacitação aos produtores rurais e comunidade: em 2017, Niquelândia registrou o maior índice de queimadas do Estado

Doze escolas das redes municipal e estadual de Niquelândia forram beneficiadas pela campanha Cerrado Vivo, desenvolvida entre a quinta-feira (14) e a sexta-feira (22) pela “Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável Legado Verdes do Cerrado” em parceria com o Corpo de Bombeiros.

A reserva “Legado Verdes do Cerrado” é propriedade da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que hoje responde pela manutenção da planta de minério de níquel da Votorantim Metais na cidade.

Segundo o gerente da reserva ambiental, Reginaldo Gratão, o trabalho de conscientização, palestras e oficinas objetivou reduzir a quantidade de registros de incêndios florestais na cidade do Norte do Estado através do engajamento da população para o problema.

“O município sofre há anos com queimadas em suas matas. Durante o ano de 2017, infelizmente, fomos o município com maior índice de focos de incêndio em Goiás. Esperamos que, após essa campanha de conscientização ambiental que realizamos, possamos evitar que animais e plantas sejam extintos e melhorar a qualidade do ar, reduzindo a incidência de problemas respiratórios na população, problemas esses causados pelo fogo descontrolado”, comentou Reginaldo.

Duas outras atividades também foram ofertadas nesta campanha: um treinamento básico de manejo do fogo e queima controlada da vegetação; e uma oficina de abafadores para ensinar fazendeiros e produtores rurais que já participam do Projeto de Recuperação de Nascentes do Legado Verdes do Cerrado; e também para a comunidade em geral.

Houve distribuição de cartilhas educativas e o fornecimento de equipamentos adequados para a realização do treinamento e da oficina.  (Com informações da Assessoria de Imprensa da CBA/Reservas Votorantim)

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias
Fechar