Publicidade

Niquelândia

Nicoly Serpa é enterrada em Goiânia após morte repentina por caso raro de leucemia aguda

Jovem, de apenas 18 anos, notou o aparecimento de manchas na pele há 10 dias e se queixava de dores pelo corpo, desde então: exame na segunda apontou problemas na medula óssea e o quadro evoluiu rapidamente para o cérebro, levando Nicoly a óbito por volta das 19 horas desta quarta-feira (20)

“Hoje Ela Só Quer Paz”. No vídeo que gravou tempos atrás, em releitura mais intimista da canção que se tornou sucesso nacional na voz do rapper Projota, a estudante de Direito Nicoly Rachel Serpa Perez – que completaria 19 anos em setembro – exercitava o gosto pela música, dedilhando seu violão com bastante sensibilidade e pureza.

Mas os sonhos e a bela voz da jovem, que tinha uma vida toda pela frente, foram definitivamente silenciados por volta das 17 horas desta quinta-feira (21) quando Nicoly foi sepultada no Cemitério Parque Memorial, em Goiânia, após a repentina descoberta de um quadro de leucemia aguda.

Para a incredulidade de sua mãe, Rachel Serpa Perez; e do seu pai, José Perez dos Santos; de suas três irmãs (Bruna, Joyce e Stéfany) e amigos em Niquelândia, no Norte do Estado, Nicoly morreu por volta das 19 horas desta quarta-feira (20) em Goiânia, decorridos apenas dois dias após o câncer no sangue ser diagnosticado. Dez dias atrás, haviam surgido manchas repentinas no braço da jovem.

“Casos em que o aumento anômalo da quantidade de glóbulos brancos no sangue ocorre de forma muito rápida são extremamente raros, ocorrendo num universo de três em cada 1.000 pessoas. Por esse aspecto, que é bastante singular, trata-se de um quadro de câncer bastante fulminante, em que a pessoa pode entrar em óbito em mais ou menos 48 horas após a descoberta dos primeiros sintomas, normalmente por hemorragia”, comentou o médico Edemeyer Jullian Borges

MANCHAS REPENTINAS – De acordo com o engenheiro Israel Serpa – que era tio de Nicoly – a sobrinha havia deixado Niquelândia em fevereiro de 2018 para morar na capital, onde cursava o terceiro período do curso de Direito e realizar o sonho de se tornar uma advogada bem-sucedida.

Mas há cerca de dez dias, segundo Israel, a sobrinha notou a aparição repentina de hematomas nos braços e começou a reclamar de dores pelo corpo.

Ainda de acordo com o tio da jovem, na última sexta-feira (15), sua irmã Rachel e o seu cunhado Jose Perez viajaram de Niquelândia para Goiânia para dar assistência médica à Nicoly.

Tão logo chegaram à capital, os pais levaram a jovem para um hospital onde ela ficou internada desde então; e de onde não saiu mais com vida, infelizmente.

RELATO DRÁMÁTICO – “No domingo, eles (os pais) conseguiram uma consulta médica de urgência para ela com um médico hematologista, que pediu uma investigação sobre a condição clínica da medula óssea da Nicoly. O laudo saiu na segunda-feira, dia 18, quando ficou constatado que ela estava com cerca de 73% de comprometimento em suas células, caracterizando esse quadro de leucemia aguda. Na terça, dia 19, estive no hospital e soube que ela estava bem, recebendo visitas e se alimentando, mas eu não pude visitá-la porque eu estava com a imunidade baixa. Após o almoço, minha irmã me disse que a Nicoly vomitou. No final do dia, os médicos a transferiram para a UTI. Quando foi ontem (quarta) pela manhã, uma anotação médica apontava que ela teve alguma anormalidade no coração, mas que isso já estava sob controle. À tarde, saiu um diagnóstico que estava ocorrendo um problema também no cérebro e que era necessária a presença de um neurologista para investigar essa situação. Mas, pouco tempo após isso, a Nicoly já havia entrado em situação de morte cerebral e logo entrou em óbito”, detalhou Israel Serpa, em entrevista ao Portal Excelência Notícias no início da tarde desta quinta-feira/21, horas antes do sepultamento de sua sobrinha.

SAIBA MAIS SOBRE A LEUCEMIA – Os variados tipos de leucemia existentes se originam de uma alteração genética adquirida. Ou seja, não é uma doença hereditária. Em linhas gerais, a divisão e morte celular são controladas por informações contidas nos genes, dentro dos cromossomos.

A ocorrência de “erros” que acontecem no processo de divisão celular podem causar uma alteração genética que ativa os chamados oncogenes. Os oncogenes são genes relacionados com o aparecimento e crescimento de tumores malignos ou benignos.

Essas falhas na divisão celular também são capazes de desativar os genes supressores de tumor no organismo. Supressão, nesse caso, significa eliminar/ou reduzir a probabilidade de uma célula se tornar um tumor.

Na falta desse gene protetor – ou diante do aparecimento dos oncogenes – ocorre a multiplicação exagerada de uma mesma célula, levando ao surgimento do câncer como o do tipo raro e letal que tirou a vida de Nicoly Serpa nesta semana.

NICOLY RACHEL SERPA PEREZ – morte prematura aos 19 anos silenciou jovem que gostava gravar vídeos cantando e tocando violão; e que deixou Niquelândia para estudar Direito em Goiânia no ano passado: tristeza e comoção nas redes sociais [Foto: Reprodução/Facebook]
Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar