Brasília/Niquelândia

Um dia na cidade grande: crianças dos CRAS 1 e 2 ficam encantadas com passeio em Brasília

Assistência Social, através da primeira-dama Juliana Campos, leva 70 crianças de Niquelândia em dois ônibus para conhecer zoológico, aeroporto, shopping e Catedral Metropolitana: imagens da televisão vistas de pertinho, a olho nu

Cerca de 70 crianças em situação de vulnerabilidade social que são assistidas pelas duas unidades do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) – nos bairros Vila Mutirão e Jardim Atlântico – da Prefeitura Municipal de Niquelândia tiveram um dia muito especial na última semana: uma visita  aos principais pontos turísticos de Brasília, capital do País.

Dessa forma, por iniciativa da primeira-dama Juliana Alves Campos e das coordenadoras dos CRAS 1 e 2, dois ônibus de uma empresa de turismo da cidade do Norte do Estado levou a garotada de Niquelândia até Brasília.

Juliana Campos, primeira-dama de Niquelândia [no canto direito da foto] passeia com crianças atendidas pela Assistência Social na visita ao Jardim Zoológico, em Brasília: deixando de lado a burocracia do gabinete para vivenciar uma importante oportunidade de socialização oferecida pela pasta sob seu comando [Foto: Elaine Alves]
Apesar da agenda repleta de compromissos, já que é a atual secretária de Assistência Social de Niquelândia, Juliana Campos não apenas ajudou a organizar os detalhes desse passeio como praticamente nem dormiu: a saída de Niquelândia, às 3 horas da madrugada da sexta-feira (30), foi um exercício de coragem pelo longo dia que viria pela frente para toda a equipe sob seu comando.

No percurso, a primeira parada foi numa padaria em Padre Bernardo onde as crianças tomaram um farto café da manhã – tudo custeado pela municipalidade, evidentemente.

ZOOLÓGICO – Por volta das 8 horas, o passeio das crianças de Niquelândia começou na Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB), que desenvolve ações com foco na educação ambiental, conservação e preservação da fauna brasileira.

Na primeira instituição ambientalista criada no Distrito Federal (em 1957, antes mesmo da instalação da capital do País, em 1960), estão abrigados 185 espécies de aves, répteis e mamíferos, totalizando assim 826 animais distribuídos numa área de 139,7 hectares.

O almoço ocorreu no restaurante do Zoológico. De lá, as equipes dos CRAS do Jardim Atlântico e da Vila Mutirão levaram as crianças para conhecer o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, onde todas ficaram muito admiradas ao poder ver – bem de pertinho, através de áreas envidraçadas – toda a movimentação e as grandes dimensões dos aviões nas operações de pouso e decolagem.

Ainda no Jardim Zoológico, depois do passeio, foi a hora da criançada de Niquelândia repor as energias com farto almoço na reserva ambiental, oferecida pela Assistência Social com respaldo do prefeito Fernando Carneiro [Foto: Elaine Alves]
Tudo bem de pertinho, praticamente na palma da mão.

Para quem só estava acostumado a ver as aeronaves nessa condição pela televisão, o passeio mostrou-se muito chamativo e cheio de histórias para contar aos pais, no regresso a Niquelândia.

O terceiro lugar visitado naquele dia foram as modernas instalações do Park Shopping, no Guará, um dos maiores centros de compras do Brasil que foi inaugurado em 1983.

A exemplo do que ocorreu no Aeroporto JK, as crianças ficaram muito ‘elétricas’ ao usarem uma escada-rolante entre um e outro pavimento do shopping; e também maravilhadas com o emaranhado de cores e luzes pela moderna decoração de Natal que é feita todos os anos naquele local.

Um piano de cauda, exposto na Praça Central do Park Shopping, também chamou muito a atenção das crianças assistidas pelo CRAS.

No final, as crianças de Niquelândia visitaram um ponto turístico obrigatório para quem conhece Brasília pela primeira vez: a Catedral Metropolitana (projetada pelo falecido arquiteto Oscar Niemayer) é a igreja-sede da Arquidiocesde de Brasília .

O espaço religioso, um dos cartões postais do DF, foi erguido em formato circular de 70 metros de diâmetro, de onde se elevam 16 colunas de concreto que pesam 90 toneladas.

Outro detalhe que chama atenção na Catedral Metropolitana de Brasília é sua ampla iluminação natural pois é recoberta de maravilhosos vitrais nessas colunas, do chão até o teto.

Na sequência, depois da visita à igreja erguida em 1970, os ônibus com as crianças assistidas pela Assistência Social de Niquelândia percorreram a Esplanada dos Ministérios; também passaram diante dos prédios do Congresso Nacional; do Supremo Tribunal Federal (STF); e do Palácio do Planalto.

Uma das meninas assistidas pelo CRAS em Niquelândia durante o lanche numa padaria em Padre Bernardo, na viagem de ida: equipe da primeira-dama Juliana Campos preocupou-se com os mínimos detalhes para o fornecimento de todas as refeições às crianças que participaram do inédito passeio em Brasília, focado na socialização [Foto: Elaine Alves]
No retorno, a parada para o jantar foi em Padre Bernardo. A chegada em Niquelândia ocorreu por volta das 22h30.

Apesar do cansaço físico, a equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social entende que a tarefa de sociabilização das crianças –  através do contato com uma realidade diversa da que vivem em Niquelândia, mesmo que por um dia – estimula bastante criatividade e a percepção de mundo do assistidos.

PRIMEIRA-DAMA SATISFEITA COM O PASSEIO – “Fiz questão de acompanhar os alunos nesta viagem pois estamos trabalhando com amor, afinco e muita dedicação à pasta desde que assumimos a prefeitura em junho. Para mim, particularmente – e também para a minha equipe de trabalho – foi muito gratificante propiciar esses momentos para essas crianças, que dificilmente poderiam fazer um passeio para um lugar distante e caro, como é Brasília. Não tenho dúvida que esse dia ficará gravado na memória de cada um deles e já estamos pensando qual será a próxima viagem que eles irão fazer conosco”, comentou a primeira-dama Juliana Campos.

(Com informações fornecidas pela Supercom/Niquelândia)

CRAS 1 e 2 de Niquelândia em imagem que ficara para a posteridade: dia importante na vida dessas crianças em situação de vulnerabilidade social que puderam conhecer um pouquinho da capital do País, na última semana [Foto: Elaine Alves]

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar