Publicidade

PandemiaUruaçu/Niquelândia

Saúde e Segurança Pública recebem doação de 1.000 litros de álcool 70 para prevenir coronavírus

Diante da falta de álcool-gel em todo o País, Usina de Açúcar e Álcool Uruaçu atendeu pedido de vários segmentos de Niquelândia aos serviços essenciais que seguem trabalhando e não podem aderir ao "fica em casa"

Um lote de 1.000 litros de álcool 70% foi doado na segunda-feira (23) pela Usina de Açúcar e Álcool Uruaçu para a correta higienização das mãos aos profissionais da Saúde e da Segurança Pública de Niquelândia, como forma de preservá-los da contaminação pelo novo coronavírus.

A conquista foi fruto da atuação conjunta de vários segmentos da cidade do Norte do Estado, beneficiando a Secretaria Municipal de Saúde de Niquelândia; o Corpo de Bombeiros, e a Polícia Militar (PM) – que estão em contato direto com a população, sujeitos à contaminação pelo Covid-19; e o Abrigo dos Idosos Lar Almir Araújo Dias, onde encontra-se a faixa etária predominante à morte por coronavírus.

No âmbito do Poder Público, foram atendidas as equipes da Vigilância Sanitária Municipal; do Hospital Municipal Santa Efigênia; e das demais unidades de saúde de Niquelândia.

Dada a escassez de álcool em gel no mercado consumidor, como se sabe, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, na última sexta-feira (20), que o etanol utilizado em automóveis – fabricado pelas usinas de álcool e açúcar de todo o País – fosse transformado em álcool 70% para doação de 1 milhão de litros, em nível nacional.

Segundo o Sindicato da Indústria e Fabricação de Etanol do Estado de Goiás (Sifaeg), a produção de álcool 70% a partir do etanol vendido em postos de combustíveis é feita após um processo correto de diluição que dura 72 horas.

De acordo com a entidade, como o etanol evapora mais rapidamente, o combustível não consegue matar vírus e bactérias adequadamente.

Além disso, o produto também não é recomendado porque pode causar dermatite, ressecamento e agravar qualquer tipo de doença de pele.

Além de distribuir para unidades de saúde na capital, as indústrias também estão repassando o álcool líquido a municípios do interior de Goiás, como foi o caso de Niquelândia.

QUEM APOIOU A INICIATIVA – A doação efetivada pela empresa de Uruaçu teve respaldo do Sindicato Rural de Niquelândia; da Associação Comercial e Industrial de Niquelândia (ACIN);  da CenterMed Clinica Médica; e 1º Cartório de Registro de Imóveis e Tabelionato de Notas;  além de empresários e demais lideranças sociais da cidade, caso do produtor rural Felipe Gomes.

O Poder Executivo, por seu turno, foi solícito ao pedido feito pelos autores da iniciativa e prontamente formalizou ofício ao gerente da Usina de Açúcar e Álcool Uruaçu, Bartolomeu Ferreira Lima, representante do Grupo Japungu na região.

Segundo o agente de segurança privada Juliano Campos – que conversou na noite desta terça-feira (24) com o Portal Excelência Notícias e participou ativamente de todas as etapas até a concretização  a doação – uma verdadeira força-tarefa foi montada às pressas por todos os envolvidos para que o carregamento  dos 1.000 litros de álcool 70% fosse rapidamente transportado de Uruaçu para Niquelândia.

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias