Publicidade

Polícia

Fugitivo da ‘lavoura do tráfico’ de Niquelândia é preso com 58 quilos de maconha em Água Fria de Goiás

Denúncia anônima recebida pela PM da pacata cidade de 4 mil moradores localizou Osvaldo Antonio da Silva escondido numa fazenda no Povoado de Buriti Alto

Policiais militares lotados no 21º Batalhão da Polícia Militar (21º BPM) de Planaltina de Goiás prenderam às 15 horas da segunda-feira (3) na zona rural de Água Fria de Goiás, um dos traficantes envolvidos com a vasta plantação de 9 mil pés de maconha; e com o processamento/distribuição de 3 toneladas da droga já ressacada/prensada descoberta na última semana em Niquelândia.

Como se sabe, sete integrantes da quadrilha morreram – em dias distintos – em confrontos com as equipes do Comando de Operação de Divisas (COD) da PM, provenientes de Goiânia e de outras cidades, na área distante 30 quilômetros do Povoado de Muquém na direção do Povoado Acaba Vida.

De acordo com o Registro de Atendimento Integrado (RAI) registrado pela PM de Água Fria, o indivíduo preso foi identificado como sendo Osvaldo Antonio da Silva.

Mediante denúncia anônima, os militares foram informados que o foragido da operação do COD estava escondido na Fazenda Sol Nascente, na região do Povoado de Buriti Alto (divisa de Niquelândia com Água Fria) em direção ao Muquém.

Ao ser preso, Osvaldo confirmou a participação na produção e armazenamento da droga já ressecada e processada na zona rural de Niquelândia; e levou os PMs à uma área de garimpo – um local ermo e distante, acessado por trilhas no meio da mata – onde guardava 58,5 quilos de maconha já ressecada, em sacos, que ainda seria posteriormente prensada na forma de tijolos.

O homem disse que teria sido contratado por um homem de prenome “Ricardo” para trabalhar na ‘lavoura’ de maconha por um período de 5 meses, com a promessa de que receberia R$ 60.000,00 após o término do “serviço”.

O traficante preso em Água Fria já havia cumprido pena de dois anos pelo mesmo crime na cidade de Juazeiro/BA.

Ele informou também que a quadrilha já operava a plantação de maconha na zona rural de Niquelândia há mais de um ano.

Fora isso, Osvaldo também contou que sua “equipe de trabalho” chegou recentemente ao Norte Goiano para substituir quatro “trabalhadores” da roça de maconha

Porém, dois desses homens (o “mediador” e o “chefe do plantio”) morreram nos confrontos com as equipes do COD.

Os 58 quilos de maconha apreendidos foram encaminhados ao IML de Formosa para constatação formal do tipo de entorpecente localizado em Água Fria.

A “lavoura de maconha” encontrada em Niquelândia na semana passada foi a maior do gênero encontrada em todo o Estado de Goiás, que não possui tradição nesse tipo de cultivo. A maconha que chega a Goiás, normalmente já prensada, chega ao Brasil através do Mato Grosso do Sul.

Os 58 quilos de maconha apreendidos pela PM em Água Fria de Goiás foram extraídos da plantação descoberta na semana passada pelas Forças de Segurança Pública do Estado [Foto: Divulgação/PM-GO]
Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar