Alto Horizonte

Segunda onda da Covid-19 mata, aos 37 anos, secretário municipal da Prefeitura de Alto Horizonte

Wanderson Pereira de Souza estava internado havia uma semana na UTI do Hospital Santa Maria, em Goiânia: diagnosticado com o novo coronavírus na quinta-feira/11, jovem político não resistiu às complicações da doença

Ex-vereador por dois mandatos e ex-presidente da Câmara Municipal de Alto Horizonte, Wanderson Pereira de Souza morreu na madrugada desta terça-feira (16) aos 37 anos, em decorrência de complicações provocadas pela Covid-19.

Ele foi a quinta vítima fatal da doença na cidade, onde moram pouco mais de 6 mil pessoas.

Político experiente na cidade do Norte do Estado, Wanderson era o atual titular da Secretaria Municipal de Administração e Planejamento, cargo que ocupava desde o início deste ano.

Em nota oficial, a Prefeitura de Alto Horizonte expressou profundo pesar pelo falecimento do secretário, informando que ele não tinha doenças pré-existentes que poderiam levá-lo à óbito pelo novo coronavírus.

No entanto, ele estava internado desde a quinta-feira/11 num leito da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Maria, em Goiânia.

“Wanderson partiu deixando-nos lições de determinação, coragem e muito amor ao próximo, sempre muito sorridente e alegre conquistava todos ao seu redor. O Governo Municipal manifesta todo seu apoio e solidariedade a todos os familiares e amigos do nosso querido servidor público”, diz a nota.

Assistente administrativo da antiga Mineração Maracá, Wanderson era uma figura popular e bastante querida em Alto Horizonte. Foi eleito vereador em 2008 e reeleito em 2012, ocasião em que presidiu o Poder Legislativo durante um ano.

No terceiro mandato do prefeito Luiz Borges da Cruz (PSD) – que também encontra-se hospitalizado por Covid-19 – Wanderson foi secretário municipal de Agricultura e Transportes por quatro anos, entre 2017 e 2020

Reeleito em outubro passado, Borges o convidou para assumir secretaria municipal de Administração e Planejamento. Wanderson era casado. Ele deixa esposa e dois filhos.

Quando da descoberta de que Wanderson havia contraído a Covid-19, as atividades presenciais no prédio administrativo da Prefeitura de Alto Horizonte foram interrompidas.

Outros quatro secretários municipais da cidade [Saúde, Finanças, Comunicação e Compras] também foram infectados pela Covid-19; e estão em isolamento social, recuperando-se em casa.

“A cidade está em choque”, afirmou a titular da pasta da Comunicação, Graciely Marçal. Ela estava em prantos em áudio enviado ao Portal Excelência Notícias, por volta das 10 horas de hoje.

No presente momento, Alto Horizonte atravessa a segunda onda da Covid-19 em situação preocupante: são 109 casos ativos da doença, sendo 100 deles em isolamento domiciliar.

Entre os pacientes internados, quatro estão na própria cidade e outros quatro em hospitais de outras localidades.

Desde o começo da pandemia, Alto Horizonte já registrou 389 casos de Covid 19, com 276 pacientes recuperados da doença.

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar