Publicidade

Niquelândia

Único ‘jovem embaixador’ de Goiás, estudante da rede estadual é selecionado para intercâmbio nos EUA

Filipy Bruno da Silva de Niquelândia, é um dos 50 alunos da rede pública de ensino do Brasil selecionados no programa: escolhida em concorrido certame com participação de alunos de escolas públicas do país todo, delegação viajará aos Estados Unidos em janeiro

Aluno do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Estadual Paulo Francisco da Silva, de Niquelândia, o estudante Filipy Bruno da Silva viaja no próximo mês de janeiro para um intercâmbio de três semanas em Washington, capital dos Estados Unidos, custeado pela embaixada norte-americana no Brasil.

O estudante de 18 anos é um dos 50 alunos da rede pública de ensino do Brasil – sendo único de todo o Estado de Goiás – selecionados pelo Programa Jovens Embaixadores (clique aqui para saber mais) do próximo ano. A classificação foi anunciada no último dia 6, após análise de perfil de 7 mil inscritos.

Filipy e os outros 49 estudantes brasileiros participarão de atividades de voluntariado nos EUA. O estudante conta que se inscreveu no programa na busca por experiências novas, em sua primeira viagem internacional.

“Eu tinha certa esperança, mas não certeza de que seria selecionado. Quando eu vi que era o único do Estado fiquei muito surpreso por essa oportunidade de conhecer os EUA e também conhecer pessoas diferentes de várias regiões do Brasil. Agora, somos 50 jovens embaixadores do país todo; e isso ira nós abrir os horizontes, nos fará aprender sobre a cultura, e a estrutura dos EUA, inclusive dos problemas e o funcionamento de tudo por lá”, disse Filipy em entrevista ao Excelência Notícias, na última terça-feira (12).

A experiência de ser um Jovem Embaixador oferece a esses excepcionais estudantes a oportunidade de expandir os seus horizontes, ao mesmo tempo em que eles auxiliam no fortalecimento dos laços de amizade, respeito e colaboração entre o Brasil e os Estados Unidos.

No vídeo abaixo, disponibilizado no You Tube pela Embaixada dos EUA no Brasil, você pode conferir o nome de Filipy e de todos os demais selecionados para o projeto:

O programa é bastante concorrido e recebe candidaturas de todo o Brasil. Somente em Goiás, neste ano, o programa recebeu 404 inscrições. Filipy conquistou a vaga depois de passar por cinco etapas de avaliação (inscrição online, análise da documentação, prova escrita/oral de inglês e visita domiciliar).

“Descobri o programa através da internet, por meio de um jovem embaixador anterior. Eu li a história dele, o vi falando sobre sua experiência. Então, passei a pesquisar, achei interessante a proposta e, vendo que preenchia os requisitos, me inscrevi”, explicou Filipy, elogiando a iniciativa da Embaixada americana. Para o jovem, o programa estimula os jovens a terem maior atuação social em suas comunidades de origem.

REPERCUSSÃO – Professora de Espanhol e de Redação no mesmo colégio estadual da cidade, Ivane Nunes de Souza não duvidava de que o jovem niquelandense estaria entre os selecionados para o intercâmbio.

A educadora afirmou que Filipy é um aluno que sempre se destacou em todos os processos e projetos da escola de que já participou. Por conta disso, Ivane revela ter grande expectativa de que o aluno obtenha bom resultado também no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Ele tem um perfil de aluno diferenciado – muito dedicado e esforçado – com as melhores notas em todas as matérias; e também em redação. A importância dessa oportunidade é magna por ser uma viagem para fora do país e conhecer outras culturas,  tanto para o currículo quanto para a vida pessoal de qualquer um. Para eles, nessa fase como estudantes, é ainda melhor”, afirmou a professora.

DEPOIS DA ALEGRIA, A EXPECTATIVA – “Quando eu vi que era o único do Estado fiquei muito surpreso por essa oportunidade de conhecer os EUA e também conhecer pessoas diferentes de várias regiões do Brasil”, afirmou Filipy na última semana [Foto: Excelência Notícias]

Talvez o diretor do Colégio Estadual Paulo Francisco da Silva, Vagner de Castro Tietibohl, tenha exagerado, ao comparar a vitória de Filipy com a história do sertanejos Zezé di Camargo & Luciano – narrada no cinema em Dois Filhos de Francisco –  mas não há exagero algum em seu sentimento de orgulho em relação ao niquelandense agora jovem embaixador do Brasil, de Goiás e de Niquelândia, nos Estados Unidos.

“Não é pouca coisa, não. Parece-se, sim, com aquelas histórias iguais à de Zezé di Camargo & Luciano. Um aluno nosso do interior de Goiás – classificado num certame tão competitivo, como o único de Goiás contemplado nesse programa este ano – é claro que isso nos orgulha muito. Nós o parabenizamos muito por isso, pela importância do feito para ele e para a nossa escola”, afirmou Vagner.

A alegria pela conquista de Filipy na escola foi tão grande que o dirigente escolar mandou pinta uma faixa para homenagear o estudante, bem como encaminhou mensagem formal do Colégio Paulo Francisco da Silva para a Secretaria de Estado da Educação em Goiânia; e para a Coordenadoria Regional de Educação em Uruaçu.

“Só temos uma palavra agora para definir esse momento da nossa escola: orgulho”, comentou o diretor, que faz coro com postagens nas redes sociais que conferem a Filipy o título de menino prodígio, destacando sua humildade. “Além de ser um rapaz muito capacitado, é muito humilde. Essa conquista não lhe subiu à cabeça”, afirmou Vagner.

Professora de Língua Portuguesa do Colégio Estadual Paulo Francisco da Silva, Rejane Alencar encarregou-se de divulgar, nos meios de comunicação de Niquelândia e de todo o Estado, o resultado obtido por seu ex-aluno no primeiro ano do Ensino Médio.

“Acho muito necessário podermos contar boas notícias como esta. Às vezes, você acha que está ‘escondidinho’ aqui no interior e que não consegue se destacar por uma cidade, como Niquelândia, pelo fato de estar longe dos grandes centros. Com essa conquista do Filipy – que sempre foi centrado, dedicado e cooperativo com a comunidade escolar – está provado que, quando você é capaz e corre atrás dos seus sonhos, nada vai te impedir de conseguir.  É o perfil de alguém vencedor, de alguém que tem futuro”, comentou Rejane.

SAIBA MAIS  – Criado em em 2002, o Programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa oficial do Departamento de Estado dos EUA, o qual oferece a oportunidade de intercâmbio para jovens protagonistas que buscam resolver problemas em suas comunidades por meio de ações criativas e inovadoras [Foto: Embaixada dos EUA no Brasil/Reprodução]
Os jovens participarão de reuniões com autoridades do governo dos EUA e líderes comunitários, visitarão escolas e projetos sociais e, como representantes da juventude brasileira, farão apresentações sobre o Brasil.

No final da viagem, eles apresentarão planos de ações na área de voluntariado para serem implementados em suas comunidades, quando retornarem ao Brasil.

Não só os 50 alunos classificados pelo programa vão ter a oportunidade de imersão na língua inglesa e na cultura norte-americana: os candidatos semifinalistas vão participar de um curso intensivo, de duração de uma semana, em julho de 2020.

Para este curso, os selecionados de Goiás são Ana Lara Sales Soares dos Reis, Gilberto Gonçalves Gomes Filho, Joaquim Naves da Costa Neto, Luísa Eduarda Souza e Sousa, Matheus Colle e Pedro Alves de Moura.

Vagner, Ivane, Filipy e Rejane foram entrevistados pelo Portal Excelência Notícias na biblioteca do Colégio Estadual Paulo Francisco da Silva na última semana: conquista de Filipy é feito inédito para Niquelândia e para a escola, em especial [Foto: Portal Excelência Notícias]
Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar