Publicidade

Niquelândia

Com 727 votos, Romilton Rocha é reeleito em primeiro lugar para o Conselho Tutelar

Votação não era obrigatória, mas 11,78% dos 26.282 eleitores de Niquelândia foram às urnas neste domingo (6): cada eleitor podia votar em até cinco nomes diferentes para o quadriênio 2020-2023

Romilton da Silva Rocha Vidal foi reeleito no início da noite deste domingo (6) para mais quatro anos como o candidato mais votado à uma das cinco vagas que estavam disponíveis para o Conselho Tutelar de Niquelândia. A apuração ocorreu no plenário do Poder Legislativo.

Dos 26.262 eleitores da cidade que estavam aptos a votar segundo o Cartório da 41º Zona Eleitoral de Niquelândia, 3.095 deles (ou 11,78% do total) compareceram voluntariamente às urnas neste domingo.

Cada eleitor podia votar em cinco nomes diferentes. Ao todo, 10 urnas eletrônicas foram instaladas em seis escolas-pólo de Niquelândia, que agruparam eleitores de todas as seções eleitorais do município.

No pleito realizado pelo Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente (CMDCA) com supervisão do Ministério Público, Romilton obteve 727 votos. A leitura do resultado oficial foi feita pelo presidente do CMDCA, Reneval Vaz Pires. O promotor de Justiça, Pedro Simões, também acompanhou o trabalho.

ANÚNCIO OFICIAL AO VIVO  – Aos radialistas Gilmar Alves e Odair José (Mantiqueira FM) e Oesley Santos (104,7 FM), o presidente do CMDCA, Reneval Pires, fez a leitura oficial da nova composição do Conselho Tutelar de Niquelândia para os próximos quatro anos [Foto: Euclides Oliveira}
Em rápida entrevista à imprensa local, o conselheiro tutelar mais votado dedicou sua reeleição ao apoio maciço da tradicional Família Rocha e, em especial, à memória de sua mãe Mercês da Silva Rocha Vidal, que morreu no ano passado.

Romilton segue no cargo para o qual também já havia sido reeleito em 2015, ano em que o pleito para conselheiro tutelar foi definitivamente instalado em anos ímpares, sempre no primeiro domingo de outubro.

Anteriormente, com mandatos que eram renovados a cada três anos, havia coincidência com os pleitos das eleições municipais e das eleições gerais (para presidente, governador e demais cargos).

OS DEMAIS ELEITOS –  No segundo e no terceiro lugares desta eleição do Conselho Tutelar para o Quadriênio 2020-2023 (a posse será em 10 de janeiro de 2020), dois ex-conselheiros tutelares reassumem vagas após quatro anos de ausência: José Orlando Postes dos Reis alcançou 649 votos; e Neide Melo e Silva Lima obteve 546 sufrágios. Nivia Ribeiro Spíndola – que compõe o atual Conselho Tutelar junto com Romilton Rocha – permanece no cargo: ela foi reeleita em quinto lugar, com 504 votos.

A EUFORIA DA NOVATA – Maria do Socorro Ferreira dos Reis – único nome realmente novo na formação do Conselho Tutelar de Niquelândia – ouviu a apuração dos resultados da sua casa; e chegou à porta da Câmara Municipal de Niquelândia em seu carro, com o marido, buzinando e fazendo a maior festa. Ela recebeu 519 votos e foi eleita na quarta colocação.

De tão incrédula que estava com o resultado – por ter adoecido durante a campanha e ter saído às ruas por apenas três dias, para pedir votos – Maria do Socorro distribuiu beijos e abraços para todos que encontrava à sua volta sem exceção,  como foi o caso de repórter Odair José (da Rádio Mantiqueira 92,3 FM) e do editor-geral do Portal Excelência Notícias, Euclides Oliveira.

SUPLENTES – Os candidatos-colocados entre a 6ª e 10ª posição na eleição para o Conselho Tutelar de Niquelândia foram, automaticamente, eleitos na condição de primeiro-suplentes dos cinco titulares da vagas. Os suplentes podem assumir as vagas em caso de férias de um dos titulares, licença médica, férias e outras situações que demandem o afastamento dos primeiros colocados.

Os suplentes são: Célia Prado (482 votos); Neuza de Fátima Alcântara (465 votos, que já havia sido conselheira-titular ao lado de Neide Melo); Guilherme Pimenta de Abreu (449 votos); João Batista de Oliveira de Andrade, o Jota Andrade (439 votos); e Celso Elias Fernandes Salgado, o Celso Bizuguinho (429 votos).

Na imagem abaixo, o Excelência Noticias disponibiliza a lista completa da votação obtida pelos 34 nomes que concorreram ao Conselho Tutelar de Niquelândia. Confira:

DISPUTA ACIRRADA – Eleitos para o Conselho Tutelar em Niquelândia alcançaram quantidade de votos semelhante aos necessários para disputa de uma vaga de vereador na cidade do Norte do Estado [Imagem: CMDCA/Divulgação]
Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar