Publicidade

Colinas do Sul

Polícia Civil prende homem de 61 anos que dirigia alcoolizado na GO-132

Cleon Félix Nunes estava num Gol vermelho que seguia em ziguezague pela pista, chamando a atenção dos policiais que faziam diligências de rotina no Distrito de Vila Borba: pagou fiança e vai responder processo em liberdade

Um motorista que dirigia em ziguezague pela rodovia GO-132 – no trecho entre o município de Colinas do Sul e o Distrito de Vila Borba – foi preso em flagrante por embriaguez ao volante na tarde da quinta-feira (5) por agentes de investigação da Delegacia da Polícia Civil de Niquelândia.

De acordo com o policial Erlandsson Bonfim de Sena – que estava em serviço naquele dia como passageiro do veículo oficial – ele e o condutor da viatura da PC realizavam diligências nos arredores de Colinas para coibir a atividade criminosa no município, distante 90 quilômetros de Niquelândia.

Em dado momento do trabalho, segundo Erlandsson, a PC avistou um veículo Gol, de cor vermelha, que invadia a pista contrária (que é de mão-dupla) na contramão, de maneira bastante perigosa, que poderia causar um grave acidente com risco à própria vida e de outros motoristas alheios à situação.

Incrédulos com a situação, os policiais civis niquelandenses gravaram um vídeo com quase 4 minutos de duração, em que registraram todas as “peripécias” cometidas por Cleon Félix Nunes, de 61 anos, que dirigia o Gol.

Nas imagens, era possível notar que a PC de Niquelândia ‘acompanhou’ o veículo por vários quilômetros, de forma discreta.

 

Porém, dado o perigo que Cleon representava na pista naquele momento, os policiais não hesitaram em ligar os sinais luminosos da viatura e, ao passar junto ao motorista, lhe deram ordem de parada.

De tão alcoolizado que estava, o homem ainda rodou com o carro por alguns metros, até encostar o veículo em definitivo. No interior do carro, havia várias latas de cerveja que o indivíduo flagrado ainda consumia.

Diante da situação, Cleon foi conduzido de Colinas do Sul à presença do delegado Gerson José de Souza, onde foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante.

O homem, no entanto, recolheu fiança de um salário mínimo (R$ 998,00) – arbitrada pela autoridade policial – e vai responder ao processo em liberdade pelo fato de ser réu primário e não ter antecedentes criminais.

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar