Publicidade

Porangatu

Capacitados pelo Sebrae, líderes do Norte do Estado buscam novos rumos ao desenvolvimento regional

5º Fórum de Monitoramento dos Compromissos Regionais do Programa Líder foi realizado pelo Sebrae em Porangatu nesta quinta/4 e sexta/5: após longas reflexões sobre o Plano de Ações e Metas, Sebrae se despede da articulação direta feita últimos dois anos para se tornar apoiador das iniciativas de interesse comum entre os municípios da região: iniciativa do Sebrae Nacional foi aplicada com êxito no Norte Goiano

Na presença de dois representantes do primeiro escalão do Governo do Estado e de um deputado federal, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em Goiás realizou em Porangatu – entre a quinta (4) e a sexta (5) – o 5º Fórum de Monitoramento dos Compromissos Regionais do Programa Líder/Região Norte.

Como de costume, o auditório da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Porangatu (Aciap) foi o palco dos debates para que os representantes de vários municípios do Norte do Estado refletissem sobre o Plano de Ações e Metas para o desenvolvimento regional.

PRIMEIRO ESCALÃO DO SEBRAE EM PORANGATU – Wanderson Portugal (no microfone) Cícero, Bruno e Augusto Portugal no início dos trabalhos do Fórum de Monitoramento dos Compromissos Regionais do Norte do Estado, nesta quinta-feira/4 [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
Os anfitriões do evento – o advogado Márcio Luís da Silva, presidente da Aciap; e o prefeito de Porangatu, Pedro Fernandes (PSDB) – participaram ativamente de todas as discussões ao longo dos últimos dois anos.

De acordo com o chefe do Executivo porangatuense, o Programa Líder do Sebrae caracterizou-se por ser um projeto grandioso de organização entre a iniciativa pública e privada, bem como demais entidades organizadas para o desenvolvimento da região como um todo.

Pedro Fernandes, prefeito de Porangatu, defendeu que o progresso seja unificado entre as cidades da região a partir da iniciativa do Sebrae no Norte Goiano [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
“Nós (a Região Norte) temos uma virtude, através da Ferrovia Norte-Sul: dada nossa proximidade com o Porto de Itaqui (no Maranhão) estamos 11 dias à frente (de navegação) para a exportação de nossos produtos em relação aos portos de Santos/SP e do Rio de Janeiro já que, por ambos, é necessário dar uma volta na Costa Brasileira, para chegar à Europa. Isso é um fator muito relevante para a nossa região, principalmente para o setor de hortifruti”, comentou o prefeito.

Segundo Pedro Fernandes, não basta buscar o progresso apenas para Porangatu pois também é necessário que isso ocorra nas cidades circunvizinhas (como Mutunópolis e Novo Planalto, por exemplo) em sua totalidade.

Milsinho (Campinaçu), Vanusa Valadares (ex-primeira-dama de Porangatu) e Márcio Luís (Aciap) durante evento do Programa Líder Regional Norte do Sebrae em Porangatu [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
O MENTOR DE TUDO – “A ideia do Programa Líder é mostrar uma obviedade que nem sempre é percebida e/ou trabalhada da melhor forma possível pelas pessoas que moram em determinada região. Para mim, que sou mineiro e não conhecia a Região Norte de Goiás, chegando de carro de Brasília até aqui, percebi as riquezas e o grande potencial de desenvolvimento que existem aqui como a própria natureza das pessoas; instituições; sindicatos; e várias outras estruturas organizacionais. Impossível não falar das belezas que existem aqui, como a região do Lago Serra da Mesa; e os buritizeiros, por exemplo. Está tudo aqui para ser explorado, mas são atrativos que ainda precisam ser mais conhecidos e divulgados”, comentou o criador do Programa Líder e ex-presidente do Sebrae Nacional, Bruno Quick.

O CRIADOR – Bruno Quick, que proferiu palestra em Porangatu nesta quinta-feira/4, foi o idealizador do Programa Líder do Sebrae em nível nacional, antes que a iniciativa fosse propagada e utilizada em diversas regiões brasileiras como o Norte Goiano [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
Para ele, que proferiu palestra em Porangatu sobre “A Dimensão e o Impacto do Programa Líder no Brasil”, o programa objetiva que todas as pessoas que se dispõem a representar um interesse público – (sejam prefeitos, vereadores, deputados, presidente de sindicatos, dirigente de universidade, da Embrapa ou do próprio Sebrae, dentre outros) para servir ao bem-estar coletivo, formalmente ou não, possam se juntar, olhar para o futuro e enxergar os caminhos para o desenvolvimento do Norte de Goiás.

Bruno citou um exemplo de como isso pode ser feito, através da agregação de valor aos produtos oriundos da cultura e gastronomia regionais de Uruaçu, Porangatu, Niquelândia, Mara Rosa, Alto Horizonte, dentre outras cidades.

Inocêncio Magela, consultor do Programa Líder Norte do Sebrae, despediu-se dos participantes da ação após dois anos de trabalho. Na imagem, Inocêncio faz suas considerações ladeado pelo idealizador do Programa Líder no Brasil, Bruno Quick [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
Segundo Bruno Quick, na região da Serra da Canastra (MG), o queijo canastra é vendido a 70 reais a peça. O mesmo produto, antes da ação do Programa Líder, era vendido por apenas 5 reais. “Quando as pessoas sabem o que querem; e sabem como caminhar para chegar lá, as coisas realmente acontecem”, completou o palestrante.

Ou seja, dentro de um contexto de articulação, planejamento e gestão (com foco na mobilização, qualificação e integração de lideranças) o Programa Líder Norte propõe a convergência/alinhamento das demandas locais com as políticas de fomento empresariais estaduais e nacionais.

Rubya Karla Araújo, coordenadora do Sebrae Regional Norte em Porangatu: municípios agora precisarão caminhar sozinhos, já que a entidade seguirá agora apenas como apoiadora das iniciativas que serão desenvolvidas em conjunto pelos municípios da região [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
OS AVANÇOS – “Tivemos um grande avanço nos últimos 12 meses, época em que estávamos finalizando o Plano de Ação. Os municípios da Região Norte hoje se comunicam entre si para buscar e trazer o desenvolvimento para a região. Nessa ação do Sebrae, o município não trabalha por si só. Para tanto, realizamos várias ações com eixos distintos nas áreas de logística, com foco na duplicação da BR-153 entre Anápolis e Porangatu; ao pleno funcionamento da Ferrovia Norte-Sul. Nos municípios onde existem mineradoras – caso de Niquelândia, Mara Rosa, Minaçu e Alto Horizonte – os grupos estão trabalhando para que essas empresas possam beneficiar os pequenos negócios locais”, comentou a coordenadora regional do Sebrae em Porangatu, Rubya Carla Araújo.

Segundo Rubya, agora que o Plano de Ação foi concluído, os grupos agora precisarão caminhar por si só, uma vez que o Sebrae está deixando a condução da sequência dos trabalhos, se reservando ao papel de apoiador dessas ações, sob o entendimento de que as lideranças foram devidamente capacitadas.

Márcio Luis da Silva, advogado e presidente da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Porangatu (ACIAP) fez suas considerações sobre o desfecho do Programa Líder Norte do Sebrae no auditório da própria entidade, nesta quinta-feira/4 (Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]

Dada essa circunstância, os consultores do Sebrae Inocêncio Magela e Augusto Portugal, que foram extremamente importantes no desenrolar deste processo nos últimos dois anos no Programa Líder/Região Norte, despediram-se oficialmente das lideranças da região na noite da quinta-feira/4. Em jantar reservado, Inocêncio e Augusto foram presenteados com imagens de São Francisco de Assis.

MINERAÇÃO – “Há pouco mais de dois anos, quando ocorreu o fechamento de uma grande indústria (Votorantim Metais) em Niquelândia, o Sebrae iniciou na cidade o Plano de Desenvolvimento Municipal para trabalhar essas particularidades locais com apoio da própria Votorantim e do Pacto de Niquelândia. Eles (os integrantes do Pacto) formam um movimento que praticamente se institucionalizou nessa busca de recursos e parcerias para a cidade. Mas ainda precisamos trazer mais pessoas para o ‘Pacto de Niquelândia’, para que a cidade abrace essa causa desse grupo em prol do desenvolvimento”, exemplificou Rubya.

TIME DE PRIMEIRA REUNIDO EM PORANGATU – Augusto Almeida (Sebrae Goiânia), Rubya Carla (Sebrae Porangatu), Vanusa Valadares (ex-primeira-dama de Porangatu e ex-deputada estadual), Pedro Fernandes (prefeito de Porangatu), Fernando Carneiro (prefeito de Niquelândia), Cirinha da Farmácia (prefeita de Montividiu do Norte), Cabo Borges (prefeito de Alto Horizonte); Milsinho (prefeito de Campinaçu), Agostinho (prefeito de Trombas) e Wanderson Portugal (diretor técnico do Sebrae Goiás)

Ainda de acordo com a representante do Sebrae no Norte do Estado, os eixos voltados para ações nas áreas da Educação e do Turismo também são prioritários no contexto do Programa Líder para a região. Inclusive, um dos destaques do extenso encontro na Aciap, foi o início da elaboração do Plano Integrado de Turismo na Região Serra da Mesa.

GOIÁS TURISMO APÓIA – “Fico muito encantado com o projeto capitaneado pelo Sebrae e pelos empresários; e também porque tenho um alinhamento com as políticas do Sebrae com os pequenos e médios empresários.  Na área do Turismo, a região possui potencial bastante diversificado. O eixo principal, que é Serra da Mesa, está passando por dificuldades. Já me coloquei a disposição para visitarmos o Ministério Público (MP), com as autoridades locais, para debater questões referentes ao Lago. No caso específico de Porangatu, certamente poderemos dar apoio à realização de um belo Festival Gastronômico para uma agenda positiva de eventos no município.  Por questões administrativas, não pudemos apoiar o Carnaval de Porangatu este ano, mas estamos focados em dar respaldo a projetos que durem o ano todo”, afirmou o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral.

ESTADO – Luciano Amaral, presidente da Goiás Turismo, propôs a realização de um Festival Gastronômico em Porangatu. Quanto ao Lago Serra da Mesa, o representante do Governo do Estado quer organizar debate entre os prefeitos e o Ministério Público/MP para um debate franco e aberto com os municípios lindeiros ao reservatório [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
Ele e o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Marcos Cabral – que é ex-prefeito de Santa Terezinha de Goiás e conhece bem as particularidades das regiões Norte e Vale do São Patrício – representaram o governador Ronaldo Caiado (DEM) no evento do Sebrae.

As discussões ao longo do dia na sede da Aciap foram abrilhantadas, ainda, com a palestra “Turismo – O Negócio da Felicidade como Política Pública e Privada”, proferida pelo atual Chefe de Gabinete da Goiás Turismo, Luciano Soares. Funcionário concursado do Governo do Estado há 12 anos, o palestrante também é coordenador de Estruturação de Destinos Turísticos da autarquia estadual.

Observado pelo deputado federal Glaustin da Fokus, o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Marcos Cabral representou o governador Ronaldo Caiado/DEM na extensa pauta proposta pelo Sebrae em Porangatu: ex-prefeito de Santa Terezinha de Goiás, Cabral conhece bem as particularidades do Norte do Estado [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
Com a experiência de quem já conheceu 25 Estados no Brasil, Luciano deu exemplos claros de boas e más-práticas de hotéis/pousadas na recepção ao turistas citando, respectivamente, locais onde o nome do visitante é confeitado com chocolate ao redor do prato onde é servida uma sobremesa; e também o horrível café da manhã de 5 reais extras na diária, com alimentos comprados em padaria e que já estavam com aspecto envelhecido.

Eleito deputado federal com de 100.439 votos no ano passado, o empresário Glauskston Batista Rios – o popular Glasutin da Fokus (PSC) – também esteve em Porangatu colocou seu gabinete no Congresso Nacional à disposição do Sebrae/ Programa Líder e também para capitanear recursos aos municípios do Norte do Estado.

TURISMO EM DEBATE – Ana Mathilde Martins de Souza – uma das representantes do Pacto de Niquelândia, que já foi secretária de Cultura na cidade do Norte do Estado – e a atual titular da pasta, Roneide Pereira – discorreram sobre vários aspectos do Turismo na região durante o evento do Programa Líder em Porangatu [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
CABO BORGES ALERTA – “Minério não rende duas safras. A hora que termina a safra, vem o desespero que vemos hoje não apenas no Norte de Goiás, mas em todo o Brasil. Quando essas riquezas não se renovam a ponto de ficarem em situação escassez, ocorrem grandes dificuldades. Precisamos nos unir e nos preparamos para tudo isso, pois o ‘sofrimento’ de Alto Horizonte representará o sofrimento de todos os municípios da nossa região. O trabalho do Sebrae com o Programa Líder contribuiu bastante para que enxergássemos outros potenciais da região”, comentou o prefeito de Alto Horizonte, Luiz Borges da Cruz, o Cabo Borges (PSD).

NO CONGRESSO – O deputado federal Glaustin da Fokus (PSC) assumiu compromisso com o Sebrae Goiás de levar pautas do Norte do Estado para o debate com os ministérios do presidente Jair Bolsonaro (PSL), em Brasília, durante a realização do encontro do Programa Líder, em Porangatu [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
Cabo Borges, como se sabe, cumpre seu terceiro mandato na cidade-sede da Mineração Maracá, braço do conglomerado canadense Yamana Gold que explora uma planta de cobre e ouro no Projeto Chapada.

Outro que se fez presente em Porangatu – acompanhado da primeira-dama Juliana Campos e da secretária de Turismo Roneide Pereira – foi o prefeito de Niquelândia, Fernando Carneiro (PSD).

NIQUELÂNDIA E PORANGATU – Os prefeitos Fernando Carneiro e Pedro Fernandes durante rápido cumprimento no Fórum do Sebrae/Programa Líder na sede da Aciap, em Porangatu [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
De acordo com o chefe do Executivo niquelandense, como a cidade sob seu comando passa por duas crises econômicas – a nacional e a do próprio município, tendo como pano de fundo a paralisação das atividades da Votorantim Metais há três anos – iniciativas como a do Sebrae servem como importante auxílio técnico de um órgão altamente capacitado na resolução de problemas na cidade que ele administra.

“Estamos atrás de novos horizontes para Niquelândia. Apesar de todas as dificuldades – com precatórios chegando e dívidas anteriores – estamos superando essa fase difícil. Minha equipe de trabalho, principalmente meus secretários, estão me ajudando muito para que possamos fazer a diferença em nossa administração”, comentou o prefeito Fernando Carneiro.

CONHECIMENTO VASTO – Paulo Helder Martins – conhecido como Paulinho, um dos precursores do Pacto de Niquelândia – durante seu pronunciamento em Porangatu no evento do Sebrae [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]
Outro representante de Niquelândia no evento do Sebrae em Porangatu foi o jovem secretário de Agricultura, Lucas Souza. Um dos precursores do “Pacto de Niquelândia”, Lucas destacou que o movimento encabeçado por ele; pelo historiador Paulo Helder Martins; pela ex-secretária de Turismo, Ana Mathilde Martins de Souza; pelo empresários Ronaldo Fernandes da Silva, vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Niquelândia (Acin); e pelo professor universitário Fainy Rodrigues da Silva; construiu a sua história aos poucos, mas que nada seria possível sem a participação do Sebrae através do professor e tutor do grupo, Cicero Pereira de Sousa.

RESPEITO – “O Cícero nos deu todos os estímulos e conhecimentos para sermos agentes de desenvolvimento. Nessa reunião em Porangatu, após três anos de atuação do ‘Pacto de Niquelândia’, reencontramos nosso mentor para discutirmos sobre os resultados alcançados e fazermos novas atualizações”, comentou Lucas Souza, secretário de Agricultura de Niquelândia, que integra o grupo denominado Pacto de Niquelândia [Foto: Euclides Oliveira]
ALELUIA – A cada celebração de meta conquistada, diante de uma somatória de esforços, os participantes do evento do Programa Líder/Sebrae em Porangatu demonstravam enorme alegria com os compromissos que puderam ser desenvolvidos e com aqueles objetivos que ainda estão por vir [Foto: Euclides Oliveira/Portal Excelência Notícias]

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar