Niquelândia

28% do consumo de internet em Niquelândia é por fibra ótica, aponta estudo: Niqturbo Telecom é a pioneira do setor no Norte do Estado

Portal Pode Comparar reuniu dados da Agência Nacional de Telecomunicações/Anatel e atestou crescimento significativo do uso dessa tecnologia desde 2017 na cidade do Norte do Estado, fruto do dinamismo do empresário Eduardo Moreira

Análise feita pelo Portal Pode Comparar/Selectra com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatell) – demonstra como o serviço de internet evoluiu e se tornou indispensável e importantíssimo nos últimos anos para a população de Niquelândia, onde moram cerca de 46 mil pessoas.

Em 2020, por força da pandemia da Covid-19, o isolamento social fez com que o trabalho remoto em home-office [seja por estudantes ou colaboradores de empresas] escancarasse a necessidade do mundo estar cada vez mais conectado.

O dado que mais chama atenção na pesquisa é o aumento significativo do uso de internet fibra óptica em Niquelândia, nos últimos quatro anos.

Em 2020, esse tipo de tecnologia já representava 28% do mercado do setor na cidade. Um número bem superior a 2017, quando a internet em fibra ótica representava apenas 12% do total de usuários.

Empresa pioneira na implantação do serviço, a Niqturbo Telecom é a responsável pela grande evolução do município nesse setor após seguidos investimentos em sua rede de fibra ótica em Niquelândia, que está em constante evolução.

De acordo com o empresário e analista de sistemas Eduardo Moreira, que é sócio proprietário da Niqturbo, a demanda por internet de melhor qualidade no Norte de Goiás sempre foi muito grande.

Tanto isso é verdade que o jovem empresário expandiu a rede de fibra ótica da Niqturbo Telecom para as cidades circunvizinhas, caso de Uruaçu, Campinorte e Alto Horizonte, sendo a pioneira a implantar tal tecnologia também nessas tres localidades.

“Porém, não basta apenas cabear as cidades. Primeiro, foi necessário criarmos a infraestrutura com o investimento em fibra-ótica para que pudéssemos trazer o sinal da internet por essa tecnologia para Niquelândia; e depois, na segunda etapa, fazer a distribuição do serviço aos consumidores finais”, explicou o empresário.

De acordo com Eduardo, a Niqturbo é a única empresa da cidade com duas redes próprias e interligadas com 100% em fibra-ótica – no Povoado Garimpinho, zona rural de Niquelândia; e em Uruaçu, a 90 quilômetros de distância.

Segundo ele, essas duas ‘fibras’ proporcionam uma internet mais estável e mais segura, de tal forma que a Niqturbo hoje consegue atender a própria demanda surgida em decorrência da pandemia, a partir de março de 2020.

INFRAESTRUTURA PLANEJADA – “Obviamente que, no início [do isolamento social] houve congestionamento em nossos servidores da Google e do Facebook. Porém, como nós estávamos anteriormente preparados, a Niqturbo conseguiu se sobressair em Niquelândia e região e manter um nível de qualidade do nosso serviço bem acima da média, em comparação com outras empresas”, detalhou o empresário.

O crescimento do uso de internet por fibra ótica demonstra o futuro do serviço em Niquelândia segundo a Selectra, empresa multinacional que faz análises do mercado de telecomunicações no Brasil e em outros 12 países. [Com informações do Portal Pode Comparar e da assessoria de imprensa da Selectra].

Utilização de internet fibra ótica em Niquelândia cresceu 133% entre 2017 e 2020, segundo estatísticas do Portal Pode Comparar/Selectra [Imagem meramente ilustrativa]

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar