Niquelândia

Em sábado sangrento, dois morrem esfaqueados no Jardim Atlântico e no Bairro Boa Vista

Crimes tiveram como pano de fundo o consumo de bebidas alcoólicas, seguidas de brigas, antes do desfecho fatal: autores dos homicídios foram identificados, chegaram a fugir mas acabaram presos nesta segunda-feira/18 segundo a PM

Entre o final da tarde e o início da noite do sábado (16) – num intervalo de apenas duas horas – dois homens foram assassinados a facadas em bairros distintos de Niquelândia, no Norte do Estado. Agora a cidade, de 45 mil habitantes, contabiliza 11 homicídios em apenas cinco meses deste ano.

Porém, o número total de mortos em circunstâncias violentas sobe para 14 quando considerados três casos de indivíduos que morreram em confronto direto com a Polícia Militar (PM) do município.

JARDIM ATLÂNTICO – De acordo com o Registro de Atendimento Integrado (RAI) das polícias Civil e Militar de Niquelândia, Nicanor da Silva Lima, de 63 anos, não resistiu aos ferimentos das nove facadas que recebeu; e morreu por volta de 1h30 da madrugada do domingo (17) no Hospital Municipal Santa Efigênia.

Proprietário de um bar da Avenida Gaudêncio José Fernandes na primeira etapa do Jardim Atlântico, Nicanor envolveu-se numa briga ocorrida por volta das 17h45 do sábado (16), ocasião em que foi esfaqueado por Jovecy Vaz Cardoso, de 58 anos, que estava armado com uma peixeira.

Uma testemunha, que presenciou o crime, disse aos PMs que vítima e autor discutiram. Porém, essa pessoa não soube apontar os motivos do desentendimento entre os dois homens.

Apesar dos esforços da PM em patrulhamento pelas ruas do Jardim Atlântico, sobretudo nas proximidades da Paróquia São Francisco de Assis, o assassino não foi localizado de imediato. Mas acabou sendo preso nesta segunda-feira (18) pela PM local.

BOA VISTA – O outro crime violento registrado pela PM e pela PC no sábado (16), às 19h45 daquele dia, ocorreu numa casa da Rua Valdemar Curado, no Bairro Boa Vista; e terminou com a morte de Marcelo de Araújo Delgado, de 33 anos.

À PM, uma testemunha relatou que ela, Marcelo e um terceiro indivíduo – identificado como sendo Francisco Oliveira de Lima, de 57 anos – consumiam bebidas alcoólicas quando, em dado momento, Francisco pegou uma faca que estava em cima da mesa; e golpeou Marcelo.

Socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) 192 ao Hospital Municipal, Marcelo não resistiu aos ferimentos e morreu.

Os militares, em patrulhamento pelo Boa Vista, conseguiram localizar a casa onde o assassino morava. Porém, Francisco conseguiu fugir, num primeiro momento. Acabou sendo preso também nesta segunda-feira/18.

A faca usada no crime foi apreendida pela PM e apresentada na Delegacia da Polícia Civil de Niquelândia. [Com informações da Polícia Militar/Niquelândia]

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar