Niquelândia

Associação de Costureiras inaugura galpão no Colina Park com apoio da primeira-dama Juliana Campos

Rosalina Alves Gonçalves dos Santos, popularmente conhecida como Irmã Rosa, vinha lutando por seu sonho há vários anos: além do apoio da Assistência Social, vereador Piqui também respaldou iniciativa

A primeira-dama de Niquelândia, Juliana Campos, participou na manhã dessa terça-feira (10) – com sua equipe de trabalho na Secretaria Municipal de Assistência Social – da inauguração do galpão da Associação das Costureiras de Niquelândia, no bairro Colina Park. A pasta que ela comanda é parceira da entidade.

Na ocasião, a esposa do prefeito Fernando Carneiro (PSD) destacou a importância do projeto para o município – desde a sua criação até os dias atuais – oportunidade em que endossou trabalho da presidente da associação, Rosalina Alves Gonçalves dos Santos, a popular Irmã Rosa.

Rosalina Alves, a popular Irmã Rosa, resgatou a história de anos em que sonhava por um espaço adequado para quem gosta de costurar como fonte de renda [Foto: Elaine Alves]
“As parcerias são fundamentais para o êxito de qualquer projeto. Por isso, dentro das nossas possibilidades – por meio da Prefeitura e de seus órgãos – sempre iremos auxiliar iniciativas como esta, desejando que mais parceiros possam abraçar essa e outras causas sociais, para que tenham alcance ainda maior”, enfatizou Juliana.

Fundadora e diretora da Associação das Costureiras, Irmã Rosa agradeceu Juliana, afirmando que esse o momento da entidade começar a crescer e, de fato, tornar-se fonte de renda; de geração de emprego; e de profissionalismo na confecção das peças de roupas pelas mulheres atendidas pelo projeto.

Irmã Rosa faz agradecimento na inauguração do galpão das costureiras no Colina Park, sob olhares atentos da primeira-dama Juliana Campos, do secretário Wesley Campos [Educação] e do vereador Erivaldo Piqui [Foto: Elaine Alves]

 

“Isso aqui era um sonho meu, de todas as costureiras e do ex-vereador Amarildo (Mulinari). Hoje, é um sonho de muito mais gente. Sempre desejei ensinar o que aprendi na costura passar para alguém que também goste dessa atividade. E agora, com o apoio do Poder Público que, mesmo com as dificuldades enfrentadas pelo município, não deixou de nos estender a mão assim como representantes do Terceiro Setor; da comunidade; dos vereadores; e do Sesi/Senai”, afirmou ela.

Irmã Rosa ainda destacou que o projeto nunca morreu, como foi alardeado anteriormente; e que a iniciativa nunca vai parar em Niquelândia, citando as atividades rotineiras das costureiras – como medir, traçar e modelar as peças no corpo das clientes – são uma porta de entrada para produções de maior qualidade, principalmente no segmento de alta-costura, que é pouco explorado na cidade do Norte do Estado.

“As parcerias são fundamentais para o êxito de qualquer projeto”, afirmou a primeira-dama Juliana Campos [Foto: Elaine Alves]
“São ações e atitudes como essas que vão mudar e colocar Niquelândia no patamar que acreditamos e que trabalhamos para que o município alcance. Essa união é que vai mudar para melhor a realidade do nosso município. Estou muito feliz de fazer parte de mais esse projeto”, afirmou o vereador Erivaldo Mendanha da Silva, o Piqui (PSD), que também apoia a iniciativa da Associação das Costureiras.

Na ocasião, Piqui também agradeceu ao chefe do Executivo, bem como à primeira-dama pela parceria agora firmada com Irmã Rosa, que há anos lutava pela viabilidade do projeto.

Público beneficiado pela iniciativa de profissionalização da costura, no Colina Park, prestigiou a inauguração do galpão voltado à atividade, em Niquelândia [Foto: Elaine Alves]
Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar