Niquelândia

GPT prende casal de traficantes no Jardim Atlântico e recupera R$ 50 mil em bijuterias furtadas

Reginaldo Francisco dos Santos, de 24 anos; e sua companheira Mônica Martins dos Anjos, de 21 anos, usavam um Fiat Punto para a entrega das drogas aos usuários da cidade: com eles, a Polícia Militar localizou 178 pares de brincos; 10 pingentes; cinco correntes; e dois anéis, que teriam sido furtados em Goiânia

Ação eficaz do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da Polícia Militar (PM) de Niquelândia resultou na prisão – por volta das 11h15 da quarta-feira (30) na segunda etapa do Jardim Atlântico – de um casal envolvido com o tráfico de drogas e com o furto de semi-jóias/bijuterias avaliadas em R$ 50 mil, que teria ocorrido em Goiânia. Uma adolescente, de 16 anos, também foi formalmente apreendida.

De acordo com o Registro de Atendimento Integrado (RAI) formalizado pelos militares no Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) da Polícia Civil da cidade do Norte do Estado, Reginaldo Francisco dos Santos, de 24 anos; e sua companheira Mônica Martins dos Anjos, de 21 anos; faziam uso de um Fiat Punto (cor branca, ano 2012, placa OGL-7094, de Goiânia) para entregar os entorpecentes aos “clientes” locais.

Na busca domiciliar ao imóvel onde estavam o casal e a adolescente – na Rua Las Vegas – o GPT encontrou várias porções de maconha, cocaína e crack; uma pistola calibre 380, embaixo do colchão da cama do casal de criminosos; uma balança de precisão; diversos objetos sem nota fiscal; R$ 40,00 em dinheiro; e as jóias/bijuterias, que teriam sido furtadas por Reginaldo numa casa próxima do Terminal do Cruzeiro, na capital.

Armas, drogas, pares de brincos pingentes, correntes; e anéis foram localizados na casa onde Reginaldo e Mônica foram presos, no Jardim Atlântico [Foto: Divulgação/Polícia Civil]
Segundo o relato do GPT à Polícia Civil, o homem preso também teria admitido participação numa tentativa de homicídio em Paranã/TO. Na localidade, de onde Reginaldo fugiu com o Fiat Punto, existia mandado de prisão preventiva em aberto contra ele por tentativa de homicídio.

Apurou-se, ainda, que o indivíduo praticou também o roubo de um veículo Kia Cerato após ação criminosa numa residência do Jardim Águas Claras, no ano passado. A menor, por seu turno, assumiu ser a dona de parte da maconha encontrada no local por ser viciada em tal entorpecente.

De acordo com o delegado Cássio Arantes do Nascimento, todo o material apreendido pelo GPT em poder de Reginaldo e de Mônica terá de ser periciado pela Polícia Técnico-Científica de Uruaçu, inclusive para que a autoridade policial possa ter certeza sobre a exata qualidade e o material empregado na fabricação das joias/bijuterias, para que se chegue ao real valor de mercado dos 178 pares de brincos; 10 pingentes; cinco correntes; e dois anéis, que foram localizados.

Porém, a avaliação exata desse montante depende da localização da vítima desse furto dessas peças em Goiânia, mas a Polícia Civil de Niquelândia ainda não possui a identidade formal da pessoa que teria sido alvo da ação criminosa de Reginaldo.

Com relação ao Fiat Punto, o delegado informou que, a priori, não consta nenhum tipo de restrição judicial ao veículo, que também não possui registro de furto/roubo.

Depois de serem autuados pelos crimes de posse ilegal de arma; de tráfico de drogas; e associação para o tráfico de drogas; Reginaldo e Mônica foram recolhidos à Unidade Prisional de Niquelândia (UPN) no Bairro Santa Efigênia, onde vão aguardar a manifestação do Poder Judiciário.

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar