Barro AltoEleições 2020

Rejeição à chapa formada por Luciano e Geraldo garante eleição de Professor Álvaro em Barro Alto

Atual prefeito da cidade buscava reeleger-se tendo, como vice, prefeito que ele mesmo derrotou em 2016: educador de 61 anos, filiado ao MDB, levou a melhor na cidade no domingo/15

A manobra política mais inusitada nos últimos anos da eleição municipal em Barro Alto tinha tudo para dar certo, mas acabou dando tudo errado na noite do domingo (15) para o atual prefeito da cidade, Luciano Lucena (PSDB).

O resultado da união do tucano com o ex-prefeito Geraldo Martins (PTB) na vaga de vice foi a inesperada derrota para o candidato a prefeito pelo MDB, Álvaro Machado de Freitas.

Professor Álvaro, como é conhecido em Barro Alto, tem 61 anos. O educador foi eleito prefeito da cidade com 4.029 votos (52,58% do total de votos válidos). Ele irá governar a cidade tendo Edson Caetano Maia (Patriota) como seu vice-prefeito, a partir do próximo dia 1º de janeiro de 2021

Luciano Lucena está em seu terceiro mandato e buscava reeleger-se para seu quarto período como prefeito da cidade-sede da mineradora Anglo American.

Eleito para o comando do Executivo em 2004 pela primeira vez, Luciano foi reeleito em 2008 para o segundo mandato durante a fase de construção/implantação do Projeto Barro Alto da multinacional inglesa, anunciado em 2006 e concluído em 2011.

Na eleição municipal de 2012, o então prefeito Luciano lançou, à sua sucessão, o candidato Carlos Henrique Campos, o Oripão, que era filiado ao PSDB.

Oripão, no entanto, acabou sendo derrotado pelo então candidato Geraldo Martins, que era filiado ao PT naquela época.

Quatro anos depois, em 2016, Luciano resolveu voltar à cena política em Barro Alto e, em sua terceira candidatura [para o mandato atual] barrou a reeleição do prefeito Geraldo Martins.

Neste ano, de 2020, a esdrúxula união entre duas lideranças até então rivais foi a forma que Luciano vislumbrou para seguir à frente da Prefeitura de Barro Alto.

Da mesma forma, Geraldo quis voltar ao poder à sombra do atual prefeito, já que a pré-campanha do ex-prefeito derrotado há quatro anos não decolava entre os eleitores da cidade.

Professor Álvaro, o prefeito eleito neste domingo (15), soube explorar politicamente o sentimento de reprovação pela união e da necessidade de mudança do eleitor barroaltense; e aniquilou dois expressivos políticos da cidade – juntinhos – numa tacada só.

BRANCOS, NULOS E ABSTENÇÕES Do total de 9.363 eleitores aptos à votar em Barro Alto, 7.880 foram efetivamente às urnas, resultando num comparecimento de 84,16%. Foram contabilizadas 1.483 abstenções (15,84% do total).

Entre os 7.880 eleitores barroaltenses que compareceram, contabilizou-se um total de 7.662 votos válidos (97,23%). Os votos em branco foram 46 (0,58% do total). Por fim, 172 pessoas (2,18%) anularam o voto no pleito ocorrido no domingo (15) em Barro Alto.

EUFORIA – Professor Álvaro, prefeito eleito em Barro Alto, é carregado por eleitores da cidade após ter a vitória confirmada pela Justiça Eleitoral [Foto: Reprodução/Facebook]

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias