Eleições 2020Niquelândia

Patrimônio total de candidatos a prefeito e vice-prefeito supera R$ 17 milhões em Niquelândia

Carlos da Líder (DEM), candidato a vice-prefeito de Fernando Carneiro (PSD) é o dono da maior lista de bens declarada à Justiça Eleitoral, seguido pelos candidatos a prefeito Ozeas Boaideiro (PRTB) e Jean Cintra (PROS)

Os dez candidatos a prefeito e vice-prefeito de Niquelândia – que integram cinco chapas distintas na eleição municipal deste ano – declararam à Justiça Eleitoral um patrimônio total estimado em R$ 17.069.348,32 por ocasião do pedido de registro de suas candidaturas, na última semana.

A apresentação da declaração de bens de todos os postulantes a cargos públicos nos 5.570 municípios brasileiros é uma obrigação legal, prevista pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na tarde desta segunda-feira (28) – primeiro dia útil da corrida eleitoral em Niquelândia, oficialmente iniciada no domingo (27) – o Portal Excelência Notícias verificou as informações financeiras dos candidatos da cidade do Norte do Estado no site “Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais”, que pode ser acessado no endereço eletrônico a saber http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/

COLIGAÇÃO “JUNTOS POR NIQUELÂNDIA” – Formada por cinco partidos [SD, PL, Republicanos, DEM, PSD e PC do B], a Coligação Juntos por Niquelândia indicou o médico Fernando Carneiro (PSD), atual prefeito da cidade, como candidato a reeleição.

Ele chegou ao cargo em junho de 2018, após eleição suplementar. Na busca pelo segundo mandato, Fernando Carneiro declarou possuir R$ 270.897,00 em bens: uma casa, uma caminhonete; e um saldo irrisório numa conta bancária em seu nome.

Na mesma coligação, o empresário Carlos Roberto Oliveira, o Carlos da Líder (DEM), disputa o cargo de vice-prefeito da chapa.

Será a primeira vez que ele pleiteia um cargo público no município onde concentra a maior parte de seus investimentos, declarados à Justiça Eleitoral: R$ 7.380.178,43 compostos por uma extensa lista de bens – a maioria terrenos e imóveis edificados nos principais pontos comerciais da cidade  – além de 1.571 cabeças de gado e 26 cavalos.

COLIGAÇÃO “CORAGEM PARA MUDAR” – Também composta por cinco partidos [PSL, PT, MDB, PSC e PROS], a Coligação Coragem para Mudar indicou o médico-cirurgião e empresário Jean Cintra (PROS) como candidato à Prefeitura de Niquelândia nas eleições marcadas para o dia 15 de novembro.

Nesta sua segunda tentativa de chegar ao Poder Executivo – a primeira foi em 2012, sem sucesso – o candidato a prefeito pelo PROS declarou, à Justiça Eleitoral, patrimônio estimado em R$ 2.722.047,12 distribuído em imóveis, aplicações financeiras e veículos.

O policial militar Edmilso Nunes – o popular Sargento Nunes (PSL) – é o candidato a vice-prefeito da coligação. Nunes, que nunca concorreu a cargos públicos –  declarou patrimônio de R$ 336.000,00 alusivo à uma chácara de sete alqueires de área, na zona rural de Niquelândia.

COLIGAÇÃO “UM NOVO TRABALHO, UM NOVO FUTURO” – Formada por três partidos [PRTB, DC e PSDB], a Coligação Um Novo Trabalho, Um Novo Futuro apresentou o empresário do ramo de compra e venda de gado, Ozeas Gomes de Morais – o popular Ozeas Boiadeiro (PRTB) – como candidato a prefeito de Niquelândia neste ano. Ele disputa um cargo público pela primeira vez.

Bem-sucedido na área em que atua, Boiadeiro declarou, para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), patrimônio estimado em R$ 6.205.225,77 distribuídos em imóveis, diversos veículos; aplicações financeiras; e um total de 1.500 cabeças de gado, avaliadas em R$ 4.500.000,00.

A candidata a vice-prefeita da chapa – a educadora física e estudante de Direito Carmem Lúcia Ferreira (PSDB) – declarou ser proprietária de um veículo avaliado em R$ 45.000,00 sendo este o único bem registrado em seu nome.

DEMAIS CONCORRENTES – Paulo Henrique Alves, o Paulin (PTC), requereu registro de sua candidatura a prefeito de Niquelândia pela Coligação Niquelândia Pode Mais/Juntos Reconstruiremos declarando patrimônio de R$ 50.000,00 referente a um consórcio de veículo ainda não-contemplado. Seu vice Ademir Rosa da Silva – o Demir Lopes, do Patriota, informou que possui uma casa avaliada em R$ 60.000,00.

Outro candidato a prefeito de Niquelândia – Tacimar Ferreira de Lima, o popular Tacimar Negão (PMN) – declarou à Justiça Eleitoral que não é proprietário de nenhum bem móvel ou imóvel, em seu nome. A mesma situação financeira foi relatada por sua candidata a vice-prefeita na chapa, Mara Nunes (PMN).

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias