Publicidade

Niquelândia

Voluntariado transforma a vida de alunos da Escola Municipal Santa Cecília, na zona rural

Empregados da CBA reformam escola por meio do Desafio Voluntário, iniciativa do Instituto Votorantim que mobiliza os trabalhadores para ações em prol da comunidade

Crianças e jovens da zona rural de Niquelândia estudam em um ambiente mais confortável e adequado para o aprendizado, após uma ação de voluntariado promovida por empregados da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA). Profissionais da empresa realizaram um grande mutirão, na Escola Municipal Santa Cecília, na Fazenda Rio Vermelho, que atende 65 alunos, do Jardim I ao 9º ano.

As ações integram o Desafio Voluntário, iniciativa do Instituto Votorantim que engaja empregados de todas as empresas investidas da Votorantim no país em ações de voluntariado e mobilização social para o bem comum.

INTEGRAÇÃO – Colaboradores do Legado Verdes do Cerrado, em parceria com membros de uma escola particular de Niquelândia, revitalizaram horta da escola, viveiro e galinheiro [Foto: Divulgação/CBA]

O desafio também proporciona a integração de empregados e terceiros com as comunidades, contribuindo para o desenvolvimento de instituições sem fins lucrativos e escolas públicas.

O técnico de Manutenção da Unidade Niquelândia da CBA, José Cândido da Silva, coordenou os trabalhos de voluntariado. Para ele, a iniciativa contribui para reforçar a união entre os empregados.

TRABALHO EM CONJUNTO – Voluntários da CBA durante as obras na A Escola Municipal Santa Cecília, que ganhou nova pintura em todos os seus ambientes

“Participar do Desafio Voluntário é assumir a consciência de que podemos tornar o mundo um lugar melhor para se viver. Foi uma satisfação liderar as atividades, em 2019, porque contribuí para fortalecer o trabalho em equipe e somar forças para melhorias na comunidade e que, além disso, também podem ser praticadas dentro da empresa”, afirmou.

“Foi uma grande satisfação receber o Desafio Voluntário na nossa escola. Até chegar o grande dia do mutirão, os empregados da CBA trabalharam durante 20 dias nos preparativos e ainda doaram insumos para as reformas e reparos”, destacou a coordenadora da Escola Municipal Santa Cecília, Chimoclenia Tenório Guedes.

DESAFIO - Equipe da escola e empregadas da CBA reunidas na ação voluntária, que devolveu Escola Municipal Santa Cecília ambiente mais confortável para o processo de ensino-aprendizagem
DESAFIO – Equipe da escola e colaboradoras da CBA reunidas na ação voluntária, que garantiu ambiente mais confortável para o processo de ensino-aprendizagem na Escola Municipal Santa Cecília [Foto: Divulgação/CBA]
“Somos muito gratos por essa obra que mobilizou toda a nossa comunidade para tornar a unidade um lugar mais agradável. Isso consequentemente se reflete na melhoria do aprendizado, porque nossos alunos têm mais prazer em estar neste ambiente”, afirmou a diretora.

MELHORIAS – A Escola Municipal Santa Cecília foi toda pintada e as lâmpadas incandescentes foram substituídas por lâmpadas de led, mais econômicas.

LOCAIS DE ESTUDO NOVINHOS – Escola Municipal Santa Cecília ganhou salas de aula mais agradáveis para as crianças estudarem, graças à mobilização da comunidade e empregados da CBA, por ocasião do Desafio Voluntário [Foto: Divulgação/CBA]
Placas para indicar salas de aula, salas administrativas, banheiros e outras áreas foram instaladas para facilitar a identificação; e também foram feitos reparos em toda instalação elétrica, com trocas de interruptores, reparos nos encanamentos dos banheiros e troca das torneiras.

Grades foram instaladas no muro que cerca a escola e toda a área foi limpa com a retirada de entulhos; e as salas de aulas receberam forros de gesso e reparos nos telhados, que estavam com buracos nas telhas, ocasionando goteiras em época de chuvas, oferecendo assim,  melhoria no ambiente escolar.

CAMPANHA – Empregados da Unidade Niquelândia trabalham na revitalização da biblioteca, que teve seu acervo ampliado durante mobilização para doação de livros  [Foto: Divulgação/CBA]
A biblioteca foi reformada e transformada em um espaço mais agradável para leitura. Os empregados da CBA promoveram ainda uma campanha de doação de livros literários para aumentar o acervo.

Já os empregados do Legado Verdes do Cerrado – Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável de propriedade da CBA – revitalizaram o espaço da horta e instalaram composteira, viveiro e galinheiro para formar um ciclo que ajude a otimizar o consumo de insumos e a reaproveitar os resíduos.

MAIS OBRAS  LITERÁRIAS – Campanha de doação de livros literários feita resultou no aumento do acervo da biblioteca, que também mobilizou colaboradores da CBA na sua organização

Os trabalhos contaram com a parceria com alunos de uma escola particular de Niquelândia.

A escola passou a ter mais segurança e variedade de alimentos e, desse modo, pode melhorar a qualidade nutricional das refeições que prepara para os alunos.

COMPOSTEIRA – Voluntários fizeram ação na área de compostagem, criada para melhoria da horta, um ganho também para o meio ambiente

Também reduzirá o desperdício e o custo com a compra de insumos, pois o adubo será feito com resíduos orgânicos e a ração dos animais será servida com itens da própria horta. Além disso, foram plantadas mudas de ipês amarelos em frente à escola.

O secretário municipal de Educação, Wesley Campos, elogiou a continuidade das ações de voluntariado da CBA em prol do desenvolvimento de crianças e jovens.

MÃO NA MASSA – Secretário municipal de Educação, Wesley Campos, também participou das atividades de voluntariado

“Sou mais uma vez grato à CBA por incentivar seus empregados a participar de ações que agreguem valor à comunidade niquelandense. Foi muito bom recebê-los em uma escola da zona rural e proporcionar mais comodidade e tranquilidade no trabalho com nossas crianças. Esperamos continuar contando com essa parceria em ações com nossos alunos nos próximos anos”, disse o titular da pasta da Educação.

LOCALIZAÇÃO FACILITADA – Instalação de placas nas salas facilitaram identificação dos espaços; voluntárias fizeram o serviço nas salas de aula e outras dependências da escola, como a biblioteca [Foto: Divulgação/CBA]
“Fiquei muito feliz em ser convidada para participar do Desafio Voluntário, na Escola Municipal Santa Cecília, porque os alunos terão melhores condições de ensino em uma infraestrutura muito mais apropriada, que beneficia também aqueles que trabalham na escola. E como a educação é um instrumento de transformação da sociedade, acredito que as melhorias feitas na escola irão se refletir em toda a comunidade”,  ressaltou a estudante de Administração da Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Campus Niquelândia, Ítala Naves Pedroso.

DESAFIO CUMPRIDO – Serviços dos voluntários na Escola Muniicipal Santa Cecília garantem melhorias em todos os ambientes da unidade de ensino

SOBRE A CBA – Desde 1955, a CBA produz alumínio de alta qualidade de forma integrada e sustentável. Com quase 100% da energia utilizada vinda de hidroelétricas próprias, a CBA minera a bauxita, transforma em alumínio primário (lingotes, tarugos, vergalhões e placas) e produtos transformados (chapas, bobinas, folhas e perfis).

Em estreita parceria com seus clientes, a Companhia desenvolve soluções e serviços para os mercados de embalagens e de transportes, conferindo mais leveza, durabilidade e uma vida melhor. (Informações da Assessoria de Comunicação da CBA/Niquelândia)

<iframe src=”https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fportalexcelencianoticias%2Fposts%2F803122273458011&width=500″ width=”500″ height=”492″ style=”border:none;overflow:hidden” scrolling=”no” frameborder=”0″ allowTransparency=”true” allow=”encrypted-media”></iframe>

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar