Publicidade

Niquelândia/Muquém

Na estréia como governador no Muquém, Caiado evita promessas de obras no Santuário à Igreja Católica

Administrador da Diocese de Uruaçu, padre Francisco Agamenilton cobrou, dos políticos, compromissos assumidos na campanha de 2018: preocupado em sanear as finanças do Estado, Caiado defendeu moralidade na aplicação de recursos públicos em missa na manhã desta quinta/15

Sem bispo-titular na Diocese de Uruaçu e com um novo governador do Estado, a Missa Solene em louvor aos 271 anos da Romaria de Nossa Senhora da Abadia do Muquém, em Niquelândia, foi marcada por um panorama político e religioso bem diferente dos anos anteriores na manhã deste feriado municipal da quinta-feira (15) na cidade do Norte do Estado.

A novidade deste ano foi a presença de equipamentos móveis das operadoras de telefonia celular Oi e Tim, que disponibilizaram seus sinais pela primeira vez no Povoado do Muquém – distante 45 quilômetros da área urbana de Niquelândia –  resolvendo assim um grave problema da falta de comunicação para quem visitava a igreja O feito foi conseguido pelo senador Vanderlan Cardoso (PR), presente à cerimônia.

ADMINISTRADOR DIOCESANO – Com a saída de Dom Messias de Uruaçu, padre Francisco Agamenilton Damascena ao microfone – celebrou Missa Solene no Muquém [Foto: Euclides Oliveira/
Ao longo dos últimos 10 dias, cerca de 400 mil pessoas  – entre devotos da santa e visitantes – estiveram na imensa área do Santuário do Muquém, que é administrado pelo padre e reitor Aldemir Franzin. À frente da celebração, estava o Administrador Diocesano de Uruaçu, padre Francisco Agamenilton Damascena.

CAIADO – Sentado na primeira fileira de bancos do Santuário  – ladeado pelo prefeito Fernando Carneiro (PSD), pela primeira-dama Juliana Campos; e pelo ex-senador e atual secretário estadual de Indústria e Comércio, Wilder Morais (DEM) –  o governador Ronaldo Caiado (DEM) fez sua ‘estreia’ como governador no Muquém, depois de muitos anos em que esteve presente em Niquelândia como deputado federal e como senador, mais recentemente.

O GOVERNADOR E O PREFEITO – Ronaldo Caiado acompanhou missa no Santuário do Muquém na presença do prefeito Fernando Carneiro/PSD e da primeira-dama de Niquelândia, Juliana Campos [Foto: Euclides Oliveira]
O sermão do Administrador Diocesano foi comedido em breve comparação com a contundência outrora presenciada pelos católicos no Muquém através dos ex-bispos de Uruaçu, Dom Messias dos Reis Silveira e Dom José da Silva Chaves. Ambos, como se sabe, arregimentavam aplausos efusivos quando tratavam de temas polêmicos como a contrariedade da Igreja Católica em relação à legalização do aborto

Padre Agamenilton preferiu usar tom sereno no momento em que dirigiu suas palavras aos representantes do Poder Legislativo; do Executivo; e do Judiciário, que estavam no Muquém na manhã desta quinta-feira. Porém, fez uma sábia homilia em que clamou para que os políticos deem mais atenção às pessoas pobres e em situação de vulnerabilidade social.

CORPO DE CRISTO – Padre Agamenilton entrega comunhão para fiel de Nossa Senhora da Abadia, no Muquém [Foto: Euclides Oliveira]

De acordo com o religioso, as pessoas mais carentes precisam ser assistidas por um modelo de desenvolvimento centrado na pessoa humana, em que as relações interpessoais sejam mais solidárias.

O Administrador Diocesano de Uruaçu relembrou que, ano passado, os políticos presentes ao Santuário do Muquém fizeram várias promessas para que fossem eleitos pelo povo goiano.

IGREJA LOTADA – Como é tradição em todos os anos, Santuário do Muquém recebeu grande multidão de católicos em busca de proteção de Nossa Senhora da Abadia [Foto: Euclides Oliveira]

Supondo que vários dos homens públicos ali presentes na igreja faziam seus agradecimentos à Deus e a Nossa Senhora da Abadia pela vitória no pleito de 2018, padre Agamenilton frisou que os políticos precisam atender o pedido de centenas de romeiros  – “sofridos e esperançosos”, nas palavras do religioso – para que os compromissos assumidos com o eleitorado sejam efetivamente cumpridos.

SEM ENDEUSAMENTO – “Vocês não são deuses, não são salvadores do mundo. Sabemos dos limites de vocês, das dificuldades de vocês, gestores e gestoras do bem público. Deus é só um. E a fidelidade dos senhores e senhoras – apoiando-se na fidelidade de Nossa Senhora da Abadia – é capaz de gerar paz e prosperidade para este Goiás e para todo o Brasil sair da crise econômica, social e moral. Pelo empenho e sacrifício de todos os governantes, que seja consolidada a concórdia e a justiça”, afirmou o Administrador Diocesano de Uruaçu, para cerca de 35 mil pessoas presentes à missa no Muquém.

NO PÚLPITO, PELA PRIMEIRA VEZ – Coadjuvante no Muquém durante 20 anos, Ronaldo Caiado não escondeu satisfação em discursar como autoridade máxima do Estado de Goiás, no Santuário na zona rural de Niquelândia [Foto: Euclides Oliveira]
A celebração foi acompanhada por vários meios de comunicação como a TV Pai Eterno, de Trindade; a Rede Vida de Televisão (com transmissão ao vivo para todo o Brasil); a TV Brasil Central (TBC, de Goiânia), WebTV Maria (do próprio Santuário do Muquém); e rádios Coração Fiel (de Rialma); Mantiqueira FM (de Niquelândia) e Difusora, de Goiânia.

A PALAVRA DE FERNANDO CARNEIRO – “Esse é o segundo maior encontro de Fé em Goiás, e um dos maiores do Brasil. Por isso, agradeço a Deus por esse momento, que é muito emocionante para mim. Como prefeito, sinto-me honrado em participar dessa festa secular e renovo meu convite para que todos aqui presentes retornem ao Muquém no próximo ano, para celebrarmos mais uma festa em louvor à Nossa Senhora da Abadia. Que Deus proteja todos os romeiros-visitantes na volta para suas casas”, afirmou o prefeito de Niquelândia, em seu pronunciamento oficial.

TV PAI ETERNO NO MUQUÉM –  No final da missa, religioso  (ao centro) fez entrevista ao vivo com padre Agamenilton e com o governador Ronaldo Caiado, que foi transmitida ao vivo para a TV Pai Eterno, de Trindade [Foto: Euclides Oliveira]
Depois da fala breve de Fernando Carneiro, Ronaldo Caiado fez um extenso pronunciamento de 27 minutos –– onde o democrata resgatou o sonho alcançado após 20 anos acalentando chegar ao posto de governador de Goiás; sua inequívoca fé em Nossa Senhora da Abadia do Muquém; reafirmou seus compromissos com o povo goiano com falas permeadas por duras críticas indiretas à seus antecessores nos palácios das Esmeraldas e Pedro Ludovico Teixeira;  e sua confiança no governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo Caiado, além das qualificações morais e intelectuais, os governantes precisam ter coragem de enfrentar as estruturas de corrupção que sugam o dinheiro público dos contribuintes. Nas palavras do governador, o Estado de Goiás havia sido transformado numa ‘Disneylândia das Bandidagens dos Corruptos’ pela ineficiência na gestão dos recursos públicos o que impactava, sobremaneira, os índices de criminalidade no Estado pela falta de investimentos em Segurança Pública.

UNIÃO DE ESFORÇOS – Missa neste dia 15 de agosto foi concelebrada por padre Agamenilton em conjunto com religiosos ligados à Diocese de Uruaçu, no Muquém [Foto: Euclides Oliveira]

“É uma alegria enorme para mim estar aqui, diante dos pés de Nossa Senhora da Abadia de Muquém para agradecer as graças recebidas; e pedir à ela que – com seu manto, sua justeza; e sua função de Mãe – nos ajude a governar e buscar, cada dia mais, qualidade de vida para o povo dos 246 municípios de Goiás; para que possamos governar com espírito público, com dignidade e altivez, nos próximos três anos e seis meses que me restam (de mandato). Peço a oração de vocês, o apoio de cada um, porque ninguém governa sozinho, mas sim com o apoio do povo e dos servidores públicos, onde o governante nada mais é que um funcionário público que precisa prestar contas à população. Obrigado a todos, por terem me elegido e confiado em mim, para que possamos fazer mudanças substanciais em nosso Estado”, discursou o governador Ronaldo Caiado, num dos trechos de seu pronunciamento no Muquém.

“GOVERNADOR, GOVERNADOR” era a frase que mais se ouvia ao redor de Ronaldo Caiado, por eleitores ávidos por uma foto/selfie ao lado do governador de Goiàs, que atendeu todos os pedidos de forma muito gentil [Foto: Euclides Oliveira]
Ainda de acordo com Caiado, em total sintonia com a homilia do padre Agamenilton, o Governo de Goiás relacionou 62 municípios goianos com indicadores econômicos e sociais preocupantes; e já iniciou o trabalho de apoio à população carente – como sugeriu o religioso – nos 10 municípios mais pobres de Goiás, que já foram visitados por sua esposa e primeira-dama do Estado, Gracinha Caiado.

TELEFONIA CELULAR NO MUQUÉM – Vanderlan Cardoso, senador pelo PR em Goiás, recebeu presente do padre e reitor do Santuário do Muquém pela instalação das torres móveis da OI e da TIM ao redor da igreja: comunicação facilitada esse ano [Foto: Euclides Oliveira]

 

 

 

 

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar