Publicidade

Niquelândia

Servidores do Urbanismo, vítimas de tragédia com caminhão de lixo na GO-532, são sepultados

Antonio Pedro Cunha, de 65 anos; Jurandir Botelho Pimentel, de 51; e Jurandir Pereira da Silva, de 53, morreram na manhã da segunda-feira (17) depois que o pesado veiculo desceu barranco abaixo na rodovia e colidiu de frente num barranco onde havia um córrego

Foram enterrados em Niquelândia – entre o final da manhã e o início da tarde desta terça-feira (18) – os corpos dos três funcionários da Secretaria Municipal de Urbanismo, vítimas de um grave acidente ocorrido na véspera com um caminhão coletor de lixo de propriedade da prefeitura da cidade do Norte do Estado.

A fatalidade ocorreu por volta das 11 horas da manhã da segunda-feira (17) na rodovia GO-532, que faz a ligação da sede do município com a mineradora Anglo American.

O motorista Antonio Pedro Cunha, de 65 anos; os auxiliares de serviços gerais -Jurandir Botelho Pimentel, de 51 anos; e Jurandir Pereira da Silva, de 53 anos, não resistiram ao forte impacto e morreram presos às ferragens do caminhão (placa JFO-4127, ano 1995) pertencente ao Poder Público.

Sem controle em declive acentuado na GO-532, caminhão de lixo derrubou cercas de arame e desceu por cerca de 200 metros ladeira abaixo, até chocar-se de frente contra um barranco onde existe um pequeno córrego [Foto: Euclides Oliveira]
A lataria do pesado veículo precisou ser cortada com um alicate hidráulico do Corpo de Bombeiros por cerca de uma hora e meia até que fosse possível a remoção dos corpos ao Instituto Médico Legal (IML), em Uruaçu; e posterior liberação para sepultamento, em Niquelândia.

A Polícia Militar (PM) de Niquelândia e a base da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) em Uruaçu também atuaram na ocorrência, mas motivos que perpetuaram a tragédia ainda dependem de laudo a ser confeccionado pelo 7º Núcleo Regional da Polícia Técnico-Científica (7º NRPTC), com sede em Uruaçu

O que se sabe, até o presente momento, é que os servidores da Prefeitura de Niquelândia retornavam de trabalhos de coleta de lixo na zona rural da cidade pela GO-532, num trecho com descida bastante acentuada.

Corpo de Bombeiros de Niquelândia enviou duas viaturas de resgate ao local da tragédia em tempo recorde, mas não havia mais nada a ser feito para salvar a vida dos três funcionários públicos da prefeitura da cidade [Foto: Euclides Oliveira]
Por razões ainda desconhecidas, o caminhão de lixo invadiu a pista contrária; rompeu uma extensa faixa de cercas de arame às margens da estrada; desceu cerca de 200 metros ribanceira abaixo; e, desgovernado, acabou batendo de frente num barranco, onde há um pequeno córrego.

Não houve capotamento, mas a cabine foi parcialmente prensada pela estrutura metálica do compactador de lixo propriamente dito, que tombou lateralmente junto ao barranco.  Parte dos sacos de lixo também caiu no córrego.

A Prefeitura de Niquelândia, na pessoa do prefeito Fernando Carneiro (PSD) emitiu “Nota de Pesar” pelo lamentável acidente; decretou luto oficial de três dias em homenagem aos servidores-vítimas de acidente de trabalho no exercício da função pública; e custeou todas as despesas com velório e sepultamento às famílias enlutadas.

[ATUALIZADA ÀS 15h39 – 18/06/2019 – Portal Excelência Notícias/Euclides Oliveira]

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar