Publicidade

Niquelândia

Escrivão acerta tiro de raspão em assaltante que tentou lhe agredir durante depoimento

Leandro da Silva Ferreira de Menezes, de 22 anos, sofreu ferimentos no joelho, já foi medicado e recolhido ao presídio: rapaz havia sido preso pelo GPT/PM horas após invadir residência no Jardim Aurora

Um assaltante de 22 anos levou um tiro de raspão no joelho – disparado por um escrivão da Polícia Civil de Niquelândia – quando tentou fugir da delegacia da cidade do Norte do Estado após investir contra a integridade física do servidor público que tomava seu depoimento, por volta das 18 horas desta segunda-feira (26).

De acordo com o delegado Cássio Arantes do Nascimento, Leandro da Silva Ferreira de Menezes, de 22 anos, foi apresentado à unidade policial por volta das 15 horas pelo Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da Polícia Militar (PM).

O indivíduo foi capturado pela equipe do GPT sob a acusação de ter uma invadido uma residência no Jardim Aurora, por volta das 11 horas.

Nesse local, Leandro abordou uma dona de casa que fazia almoço para a família; para o roubar um telefone celular que a mulher usava naquele exato momento, além de uma bicicleta que estava no imóvel.

Do lado de fora da DP, a avó do rapaz – uma idosa de 74 anos – criticou os policiais do GPT e da DP de maneira muito dura, aos berros, chamando bastante a atenção de quem passava pela rua em frente à delegacia naquele momento, para questionar a prisão de Leandro.

O DISTÚRBIO E O DISPARO – “Desde o momento em que esse indivíduo (Leandro) foi preso pelo GPT e trazido à delegacia, uma ou duas irmãs dele ficaram do lado de fora da DP. Ele já estava planejando alguma coisa pois, de dentro das nossas celas para presos que ainda aguardam seus interrogatórios, o Leandro gritava para os parentes do lado de fora para que lhe trouxessem uma faca. Estávamos atentos à conduta dele, mas não imaginávamos que ele, dentro do cartório da DP, tentaria ir ‘pra cima’ do escrivão. Quando ele (Leandro) fez isso, nosso policial sacou seu revólver e ordenou que o indivíduo preso parasse com a tentativa de agressão. Nesse momento, ele disse que ia fugir e tentou abrir uma janela da delegacia, sem que nós entendêssemos qual seria a ideia dele (para essa fuga frustrada). Depois, nosso escrivão saiu do cartório e o rapaz preso, vendo que estava encurralado, partiu novamente para cima do policial. Ele efetuou um disparo em direção ao chão, que acabou acertando o joelho do conduzido”, detalhou o delegado de Niquelândia, com exclusividade ao Portal Excelência Notícias, por volta das 19h15.

Ainda de acordo com Cássio Arantes, após a situação ter ficado novamente sob controle dentro da delegacia, Leandro foi levado ao Hospital Santa Efigênia para ser medicado e depois recolhido à Unidade Prisional de Niquelândia (UPN) no Bairro Santa Efigênia.

“Apesar da conduta inapropriada desse rapaz, nós (da Polícia Civil) temos por obrigação resguardar a integridade física dele”, completou a autoridade policial.

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar