Niquelândia

Gestante tenta entrar no presídio com droga na parte íntima

Ela namora um detento que cumpre pena na Unidade Prisional

Em menos de 30 dias, outra mulher foi presa em flagrante delito por tráfico de drogas tentando entrar no presídio de Niquelândia. A primeira foi Eliane Lopes de Sena, 37 anos, de apelido Nanu, flagrada no início do mês com seis porções de maconha embaladas em material plástico transparente, em seu ânus.

A segunda, Ana Paula Botelho da Silva, 19 anos, que passou pelo processo de revista na manhã de quinta-feira, 26, e foi abordada pelos agentes que a conduziram ao Hospital Municipal Santa Efigênia. Após passar por exame de imagem, foi constatada a presença de corpo estranho no interior da vagina da Ana Paula, e ainda, que ela está grávida de 17 semanas.

Maconha foi envolvida em um preservativo masculino (Foto: Polícia Civil)
Maconha foi envolvida em um preservativo masculino (Foto: Polícia Civil)

O objeto retirado das partes íntimas da mulher se tratava de uma porção de maconha, 50 gramas, envolvida em um preservativo masculino com 11 centímetros em formato cilíndrico. A prisão de Ana Paula também é resultado de um trabalho de inteligência policial em operação conjunta entre o Genarc e a Unidade Prisional de Niquelândia. Ela já vinha sendo monitorada pelos policiais civis e agentes prisionais eu descobriram seu intuito.

Na tentativa de ingressar com o entorpecente, a “visitante” apresentava atitude suspeita, com movimentos descontrolados e nervosismo. O delegado interino, Bernardo Comunale (de Uruaçu), disse que Ana Paula namora um detento que cumpre pena na Unidade Prisional de Niquelândia.

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar