Uruaçu

Polícia Civil prende irmãos que mataram cunhado a tiros

Rafael Gomes foi baleado em casa por volta da meia-noite da terça-feira (13)

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil de Uruaçu – sob o comando do delegado-titular da 10ª Delegacia Regional de Polícia Civil (10ª DRP), Rodrigo Pereira; e com respaldo da equipe liderada pelo delegado do município, Bernardo Comunale – prenderam na tarde da sexta-feira (16) os autores do assassinato de Rafael Pereira Gomes.

O rapaz havia sido morto com vários tiros por volta da meia-noite da terça-feira (13) por dois homens que invadiram sua residência no Residencial Vale Verde, em Uruaçu. Isso tudo na frente de sua companheira Maria Fernanda Avelar de Oliveira, grávida no segundo mês de gestação. Restou apurado pelo GIH que os dois irmãos de Maria Fernanda – identificados como Christian Avelar de Oliveira e Igor Avelar de Oliveira – arquitetaram o crime contra o próprio cunhado.

Ainda no local do crime, quando a Polícia Técnico-Científica de Uruaçu fazia os levantamentos de praxe no cadáver e na cena do crime, os apontamentos preliminares já indicavam a suposta co-autoria do violento homicídio. Com esses indícios em mãos, o delegado-regional pediu a prisão temporária de Christian e Igor ao Poder Judiciário, logrando êxito na captura dos autores.

Na busca domiciliar na casa onde os dois foram surpreendidos, os policiais civis encontraram um revólver calibre 38, provavelmente utilizado no crime. Por isso, Igor também foi atuado pelo delegado Bernardo Comunale pelo crime de posse irregular de arma de fogo. Os dois foram recolhidos ao Centro de Inserção Social (CIS), a cadeia de Uruaçu, onde vão aguardar o pronunciamento da Justiça. (Com informações da Polícia Civil/Uruaçu).

Arma usada no crime foi localizada na casa dos autores do homicídio
Arma usada no crime foi localizada pela PC de Uruaçu na casa dos autores do homicídio (Foto: POLÍCIA CIVIL)
Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar