Nova Iguaçu de GoiásSanta Terezinha de Goiás

Caiado anuncia R$ 17 milhões para terminar GO-347, obra inacabada por Marconi entre Santa Terezinha e Nova Iguaçu

Trecho de 38 quilômetros entre as duas cidades vai interligar as regiões Norte e Vale do São Patrício com a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste/Fico, que passará por Campinorte]

O governador Ronaldo Caiado (DEM) esteve na sexta-feira (7) na rodovia GO-347 para anunciar investimento de R$ 17.786.000,00 à retomada e conclusão das obras de pavimentação do trecho de 38 quilômetros da estrada, que finalmente interligará as cidades de Nova Iguaçu de Goiás, no Norte do Estado; e Santa Terezinha de Goiás, no Vale do São Patrício.

Dos R$ 50 milhões necessários à obra – iniciada em 2014 mas jamais concluída pelo então governador Marconi Perillo (PSDB) – Caiado só assinou a ordem de serviço porque o dinheiro para seu término já está nos cofres da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra). A previsão de entrega é de 180 dias.

De acordo com o governador, a conclusão da GO-347 será custeada com recursos do Governo do Estado; da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide); e de empréstimo contraído junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Essencial ao escoamento da produção goiana, a rodovia  interligará a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste [FICO, que passará por Mara Rosa] com outros municípios garantindo assim mais desenvolvimento à região Norte do Estado.

“Temos que preparar essa região para o avanço que vai ter na produção de gado, agrícola, mineral. Vamos ver a melhoria do salário, da renda per capita e a condição de vida melhorando”, projetou o governador.

Na ocasião, Caiado ainda anunciou a publicação do novo edital de manutenção da malha viária de Goiás; e ressaltou o compromisso de sua gestão em pagar os empreiteiros em dia. “Só estou assinando a ordem de trabalho porque o dinheiro já está depositado em conta, os R$ 17 milhões [valor necessário à conclusão da obra]. O que a empresa apresentar de medição, o Pedro [Sales] vai pagar na hora. Não terá atraso de nenhum dia”, assegurou.

PROMESSAS, SEIS ANOS ATRÁS – Em 2014, serviço foi iniciado na GO-347 pelo então governador Marconi Perillo/PSDB, que deixou o governo em 2018 sem que a obra fosse concluída [Foto: Jornal Diário do Norte/Reprodução]
Para o presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Pedro Sales, os cuidados e as providências que o governo tem adotado – com foco na eficácia e boa gestão dos recursos públicos – serão considerados marcas extremamente positivas da gestão Caiado.

“A primeira delas – que considero um legado – é a qualidade do pavimento e as médias das obras. Fora isso, não houve nenhum cancelamento de contrato que firmamos. Isso significa a manutenção dos nossos compromissos”, reforçou Pedro Sales, que está há quase um ano à frente da Goinfra.

Para o vice-governador Lincoln Tejota – que possui sólida base eleitoral em municípios do Vale do São Patrício – a pavimentação na GO-347 não pode ser considerada como se fosse uma obra comum, por tratar-se da ligação entre duas cidades de pequeno porte.

“Trata-se, na verdade, de uma obra estruturante, que irá transformar e valorizar a região Norte. Nosso objetivo é colocar o Médio Norte no centro do desenvolvimento do nosso Estado”, afirmou Tejota.

Marcos Cabral, Caiado e Pedro Sales [Goinfra] caminham em meio ao maquinário que já está trabalhando no término da GO-347: obra entre Santa Terezinha e Nova Iguaçu pronta em seis meses [Foto: Divulgação/SECOM-GO]
VIAGENS MAIS RÁPIDAS – A partir de Santa Terezinha quem precisar chegar a Porangatu percorrerá 170 quilômetros com relativa tranquilidade: os 40 quilômetros totalmente asfaltados pela nova GO-347 (até Nova Iguaçu); outros 40 quilômetros já pavimentados pela GO-428 (Nova Iguaçu-Campinorte) e os 90 quilômetros finais de Campinorte até Porangatu, pela BR-153.

Nesse mesmo itinerário – mas no sentido Goiânia – o trecho Santa Terezinha-Uruaçu será de apenas 100 quilômetros totalmente

Assessor especial da Governadoria e ex-prefeito de Santa Terezinha, Marcos Cabral comemorou a atenção de Ronaldo Caiado e de Lincoln Tejota para uma das regiões mais carentes do Estado.

O desejo do ex-prefeito – fiel escudeiro de Caiado na região – é seguir com esse trabalho para que o governo estadual possa buscar cada vez mais desenvolvimento para o Norte e Nordeste de Goiás.

“Tenho orgulho de dizer que sou prefeito junto com Ronaldo Caiado. Hoje vejo o início dessa obra tão sonhada pelo povo. Essa obra vai ficar na história”, pontuou o prefeito de Santa Terezinha, Antônio Camargo.

Tonin Camargo, como é conhecido na cidade, assumiu a chefia do Executivo terezinhense em janeiro de 2019 quando o então prefeito Marcos Cabral renunciou ao cargo para comandar uma secretaria no primeiro escalão de Caiado, logo após a posse do governador. [Com informações da Secretaria Estadual de Comunicação/SECOM-GO]

Caiado em meio às máquinas prontas para a retomada da pavimentação da GO-347 entre Nova Iguaçu e Santa Terezinha, na última sexta-feira/7 [Foto: Divulgação/SECOM-GO]
Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias