COVID-19Goiânia

Caiado suspende reajuste das tarifas de água da Saneago este ano por causa do novo coronavírus

Segundo o governador do Estado, população goiana não pode ser impactada pelo aumento do custo de um serviço essencial em meio à crise econômica e redução dos postos de trabalho

O governador Ronaldo Caiado (DEM) e o presidente da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago), Ricardo Soavinski, confirmaram que não haverá reajuste da contas de água este ano no Estado, desmentindo assim informações falsas que circularam nas redes sociais nas últimas semanas.

Apesar do estudo sobre a revisão tarifária ser realizado a cada quatro ou cinco anos, houve entendimento conjunto com a Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização (AGR) de que não caberia aumento no valor das contas, em meio à pandemia do novo coronavírus.

Segundo o presidente da Saneago o compromisso do Governo de Goiás é auxiliar o cidadão neste momento de dificuldades financeiras da população, a exemplo da suspensão do corte de água por inadimplência durante o isolamento social.

“No entanto nosso pedido é no sentido de orientar as pessoas que puderem para que mantenham os pagamentos em dia. Os investimentos da Saneago na melhoria constante dos nossos serviços dependem exclusivamente dos recursos obtidos com a a arrecadação da tarifa”, comentou Ricardo Soavinski durante a live onde houve o anúncio oficial das medidas, na terça-feira (26), através da das emissoras da Agência Brasil Central (ABC).

Ainda de acordo com o presidente da autarquia estadual, o programa para renegociação de débitos referentes à inadimplência durante a pandemia já está sendo desenvolvido. O anúncio oficial será feito quando o Estado deixar a situação de emergência na saúde pública, o que ainda não tem data prevista de ocorrer.

“Mesmo diante da pandemia, não paralisamos nenhuma obra que constava no nosso planejamento para 2020, principalmente sobre os preparativos do Estado para o período de estiagem. Goiás não deverá sofrer com falta d’água. A população pode ficar tranquila”, garantiu o goverandor Ronaldo Caiado.

No período de isolamento social, a companhia registrou aumento pouco acima de 2% no consumo residencial o que pode ser considerado normal, uma vez que os goianos têm ficado mais tempo em casa. Caiado pediu que a população faça uso consciente de água e evite o desperdício do produto.

“A Saneago só funciona graças a pessoas competentes e dedicadas. Quero render minha homenagem e reconhecer o trabalho competente e determinado de toda equipe. Hoje, são cerca de 6 mil colaboradores da companhia que trabalham dia e noite para garantir o fornecimento de água tratada da melhor qualidade possível aos goianos”, afirmou o governador do Estado. (Com informações da Secretaria Estadual de Comunicação/Secom – Governo de Goiás)

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias