Niquelândia

“Acin Valoriza” vai destacar histórias de sucesso de comerciantes em rádios e sites de notícias

Associação Comercial e Industrial de Niquelândia (Acin) vai sortear, todo mês, dois estabelecimentos da cidade para serem beneficiados com a iniciativa, inclusive nas redes sociais da Acin, para valorizar empreendedores antigos e estimular os mais novos a prosperarem em seus negócios

A Associação Comercial e Industrial de Niquelândia (Acin) vai lançar em breve o “Projeto Acin Valoriza”, para destacar a trajetória pessoal e profissional dos empresários-associados, colocando-os em evidência nos principais meios de comunicação da cidade e nas redes sociais da entidade classista

Segundo a vice-presidente da Acin, Fernanda Melo Rodrigues mediante sorteio, dois associados terão seus perfis empresariais divulgados à sociedade niquelandense, valorizando-os a em seus respectivos ramos de atividades; contando a história de suas empresas; e apresentando seus produtos e serviços.

No entendimento dela – que é uma bem-sucedida empresária no ramo de recarga de cartuchos e manutenção de impressoras – ao passo que os associados da Acin terão essa inédita oportunidade – a população local conhecerá esses casos de sucesso que podem ser inspiradores para novos empresários que investem ou que pretendem investir em Niquelândia. geram assim empregos e receitas para o Estado e o município.

“Na sociedade atual, existe essa necessidade de estarmos em constante evidência naquilo que fazemos profissionalmente; e queremos garantir essa oportunidade aos nossos associados”, explicou Fernanda.

ORIGEM – O Projeto Acin Valoriza, lançado agora, teve origem no final de 2019 quando a entidade realizou reunião para o planejamento das atividades da entidade em 2020. A ideia partiu da radialista e diretora-comercial da Rádio 104,7 FM, Ilma Aguiar; e a diretoria da entidade abraçou a proposta de imediato.

“Temos grandes empresários em nossa cidade que, às vezes, não sabem o poder de persuasão que possuem só pelo próprio exemplo de como se tornou um comerciante bem-sucedido. Quando eles contarem suas histórias para a cidade, nas redes sociais da Acin e também com nossos parceiros, outros comerciantes locais se espelharão neles. Dessa forma, poderão brotar em Niquelândia outras histórias igualmente exitosas”, afirmou o proprietário da Acin, Ronaldo Fernandes da Silva.

Na entrevista ao Excelência Notícias, o comerciante de ferramentas e ferragens – que possui uma unidade da Mult Peças e Parafusos em Niquelândia e duas unidades em Uruaçu – citou como sua principal referência de crescimento o apresentador de televisão Sílvio Santos, de 89 anos, fundador e principal acionista do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

A história do “Homem do Baú” conta que, durante as eleições de 1946, Silvio Santos – à época com 14 anos – viu um homem que vendia capinhas de plástico para guardar títulos de eleitor nas ruas do Rio de Janeiro. Ele, então, teve seu primeiro gesto como empreendedor ao decidir fazer o mesmo.

“Ele inspira muita gente, mas ele se espelhou nesse vendedor de capinhas, para tornar-se na figura que nós todos conhecemos hoje. Exemplos assim, como o de Sílvio Santos, nos levam a projetar sonhos mais ousados”, comparou Ronaldo.

PUBLICIDADE É INVESTIMENTO – Além disso, o Acin Valoriza tem outro viés importante, de acordo com Fernanda e Ronaldo: demonstrar, para os associados da entidade, que publicidade nas emissoras de rádio e nos portais de notícias de Niquelândia é um investimento com retorno garantido; e não uma simples despesa sem retorno à empresa.

Segundo ele, toda empresa de sucesso investe em publicidade nos meios tradicionais, sem se afastar das redes sociais.

“Hoje, as mídias sociais mudaram esse modelo de alcançarmos o público-alvo em nossos ramos de atividade. Temos de buscar cada vez mais o aprimoramento pois se nós (os comerciantes) não mudarmos o nosso jeito de vender, perderemos espaço. Se há a necessidade do consumidor entender que, se ele compra aqui, o município ganha com as receitas que aqui permanecem, o empresário também precisa saber chamar a sua atenção para isso. Todas as mídias são importantes e proporcionam o efeito desejado nas vendas quando as estratégias são articuladas umas com as outras. O panfleto em papel impresso que outrora foi importante – não digo que não seja mais – hoje perdeu força e atinge público inferior ao alcançado pela distribuição de um ‘encarte digital’ com ofertas e promoções em grupos pelo WhatsApp. Precisamos entender e assimilar isso”, encerrou Ronaldo Fernandes.

DESAFIOS – Ronaldo Fernandes e Fernanda Melo galgaram o comando da diretoria da Acin em meados do ano passado, eleitos em abril, com promessas de modernizar e dinamizar a entidade classista, comandada nos três anos anteriores pelo empresário Almir Pedroso e Silva.

Após assumirem os respectivos cargos, disseram ao Portal Excelência Notícias à época que focariam a atual gestão na conquista de novos desafios.

Uma das metas estabelecidas pela dupla para o biênio 2019-2021 é o desenvolvimento de ações que integrem todos os associados em políticas de interesse comum da classe empresarial para fomentar os segmentos do comércio; da indústria; e de prestação de serviços em Niquelândia.

Nesse sentido, segundo eles, restará demonstrado que o Projeto Acin Valoriza dará efetiva contribuição à pauta que propuseram quando ainda candidatos à entidade no ano passado.

SORTEIO – Para garantir a isonomia a todos os associados, a Acin estabeleceu que sorteará os nomes dos empresários a serem destacados, mensalmente, dando-lhes vitrine em diferentes plataformas.

Duas vezes por mês, serão sorteados dois filiados à Acin – que estejam em dia com sua mensalidade –  para que as histórias de seus estabelecimentos, de vida e de prosperidade no meio empresarial sejam veiculadas no site da Acin; nas rádios 104,7 FM; Mantiqueira 92,3FM; em reportagens no Portal Excelência Notícias e nas redes sociais (Facebook e Instagram) da própria Acin.

Dos 250 associados atualmente ligados à Acin, cerca de 180 estão aptos à concorrer como candidatos do Projeto Acin Valoriza.

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar