Publicidade

Goiânia

Caiado é o governador mais popular do Brasil, afirma Folha de S. Paulo

Segundo o Índice de Popularidade Digital (IPD), Ronaldo Caiado saiu da vice-liderança e, de forma constante e ascendente, alcançou o primeiro lugar no ranking, superando o governador do Estado de São Paulo, João Doria

O sentimento que vigora entre a população do Estado de Goiás agora já é uma constatação oficial: Ronaldo Caiado é o governador mais popular do Brasil. O dado divulgado nacionalmente pelo jornal Folha de São Paulo, em sua primeira edição de 2020 (1/1), foi confirmado em pesquisa realizada pela consultoria Quaest. A empresa analisa, por meio de um algoritmo de inteligência artificial, o desempenho digital de figuras públicas no Facebook, Instagram e Twitter.
Segundo o Índice de Popularidade Digital (IPD), Caiado saiu da vice-liderança em janeiro, de forma constante e ascendente, e alcançou, em novembro de 2019, a liderança no ranking, superando o governador do Estado de São Paulo, João Doria.
Não é de hoje que Ronaldo Caiado aparece entre os políticos mais influentes nas redes sociais. Por 18 vezes consecutivas, seu nome figurou no levantamento anual do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), que lista os 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.
Suas posições sempre assertivas, sem margem para dúvidas, sua fala sempre articulada e o fato de estar sempre aberto para encarar quaisquer debates, sem fugir da polêmica, são marcas de sua personalidade política que se estendem em suas postagens nos perfis que mantém em diversas redes sociais e que conquistam o público.
Ao assumir o governo, esta popularidade encontrou ainda mais fôlego com ações que evidenciam uma gestão pautada pela ética e na correta aplicação do dinheiro público.
Um dos reflexos do respaldo da população ao governo Caiado foi a marca de 200 mil seguidores alcançados no Instagram, em novembro deste ano. Um enorme contingente de cidadãos das mais diversas idades, profissões e regiões, não só do Estado, mas de todo Brasil, como é possível conferir ao ler os comentários.
“Eu não poderia estar mais agradecido. São goianos e brasileiros de diversos cantos do País que acompanham a rotina da nossa gestão pautada pela seriedade e transparência. Estamos juntos, obrigado pelo apoio nessa tarefa conjunta de reconstruir Goiás”, dizia a mensagem de Caiado na postagem comemorativa.
ALINHAMENTO – A reportagem publicada pela Folha de São Paulo atribui o desempenho do goiano também ao fato de Caiado ser um grande defensor do presidente Jair Bolsonaro. Uma das marcas da personalidade do governador enquanto político é sua lealdade aos seus aliados. Ao longo do ano, Caiado se posicionou publicamente em apoio a Bolsonaro em diversos momentos de crise.
Segundo a matéria, a pesquisa conclui que líderes que enveredaram para o embate ao Presidente da República apresentaram queda no ranking e perderam popularidade. Caso mais emblemático é o da deputada federal Joice Hasselmann, que se alinhou a Doria em um distanciamento de Bolsonaro e que protagonizou diversas trocas de farpas com o filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, pelo Twitter.
O governador de São Paulo também perdeu popularidade digital após começar a se distanciar do presidente. O tucano chegou a ser o governador com a maior popularidade, em 1º de junho, mas teve queda de quase 40% no índice dois meses depois (foi de 61 para 39 pontos, em escala que vai a 100).
O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, experimentou movimento semelhante. O gestor estadual que chegou a gozar de melhor popularidade nas redes sociais nos meses de agosto e setembro, segundo o índice, desabou para a 9ª colocação ao se colocar como possível candidato a presidente em 2022, segundo a reportagem.
Outros pontos levantados foram as críticas de Bolsonaro e seus aliados ao fluminense, na condução da investigação no caso da “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio, quando era deputado estadual.
A forte parceria Caiado e Bolsonaro ficou evidente ao longo do ano, pois o Estado de Goiás foi o único do País a receber a visita do presidente por seis vezes. As passagens de Bolsonaro vieram acompanhadas de significativos avanços para o Estado.
Em sua última visita, no dia 8 de novembro, Bolsonaro e Caiado entregaram 214 ônibus do transporte escolar para a rede de ensino goiana. Frota destinada a cerca de 15 mil estudantes de 133 municípios, em especial aqueles oriundos da zona rural.
Graças ao apoio e empenho do presidente, Goiás também foi um dos maiores beneficiados com o leilão da Ferrovia Norte-Sul, após décadas de descaso.
“O presidente Jair Bolsonaro fez com que aquilo que estava parado há 30 anos se transformasse em realidade. Agora os investimentos, indiscutivelmente, são de grande monta em toda extensão da ferrovia, que tem vários quilômetros e pontes a serem construídos”, avaliou o governador por ocasião da assinatura de contrato para a implantação da Plataforma Multimodal da Ferrovia Norte-Sul na cidade de Rio Verde, no último dia 19.
A metodologia aplicada ao levantamento da Quaest considera cinco dimensões: fama dos personagens públicos (quantos seguidores); engajamento (comentários por postagem); mobilização (compartilhamento das postagens); valência (reações positivas/negativas às postagens); e presença (quantas redes sociais a pessoa está ativa). Modelo estatístico pondera e calcula a importância de cada dimensão; os personagens analisados são, então, colocados numa escala de 0 a 100. [Informações da Secretaria de Comunicação do Governo de Goiás]
Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias
Fechar