Niquelândia

Polícia Civil investiga ‘acerto de contas’ em assassinato de rapaz no Jardim Atlântico

Roniel Alves de Abreu foi morto com vários tiros na tarde da segunda-feira/24: rapaz tinha passagens pela polícia por delitos cometidos anteriormente, segundo a PC

O agente de investigação da Polícia Civil em Niquelândia, Erlandsson Bonfim de Sena, disse na manhã desta quinta-feira (27), ao Portal Excelência Notícias, que um provável ‘acerto de contas’ entre criminosos pode ser a motivação do assassinato de Roniel Alves de Abreu, de 20 anos.

Como se sabe, o rapaz morreu baleado com vários tiros por volta das 16 horas da segunda-feira (24), durante o feriadão de Carnaval, na Avenida Gaudêncio Maria Fernandes, na segunda etapa do Jardim Atlântico.

De acordo com o Registro de Atendimento Integrado (RAI) elaborado pela Polícia Militar (PM), Roniel pilotava uma motocicleta quando dois elementos, em outra moto, dispararam em sua direção.

O rapaz perdeu o controle da moto e caiu, sem qualquer possibilidade de socorro.

Ainda de acordo com o policial civil, Roniel seria um dos envolvidos no roubo seguido de sequestro a um taxista de 79 anos em Anápolis – em novembro de 2018 – caso que teve desfecho em Niquelândia com a liberação do motorista; e no furto de uma televisão do Abrigo dos Idosos, no Jardim Águas Claras.

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias