Colinas do SulNiquelândia

Em dia produtivo, GPT localiza armas, captura ladrões e esclarece tentativa de homicídio

Ocorrências foram registradas na quinta-feira (5) em Colinas do Sul e em Niquelândia pelo Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da Polícia Militar (PM)

O Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da Polícia Militar (PM) de Niquelândia registrou quatro ocorrências distintas entre manhã e o início da noite da quinta-feira (5).

Na cidade-sede da PM local, os militares prenderam dois rapazes suspeitos do furto de um celular de uma mulher, localizando quatro aparelhos em poder da dupla de assaltantes.

Os outros três casos foram registrados em Colinas do Sul, envolvendo a posse irregular de armas de fogo; a localização de um suspeito de ter invadido uma residência na semana passada; e uma tentativa de homicídio que resultou na apreensão de munições de uso permitido.

ESPINGARDA – O primeiro caso ocorreu às 13 horas, quando os ‘homens de preto’ foram até a região central de Colinas, à procura de Noelson Alves Chagas, de 56 anos. De acordo com o GPT, havia diversas denúncias dos colinenses de que o homem estaria na posse de armas de fogo.

Dito e feito, com autorização e Noelson, o GPT fez busca no interior da residência, onde encontraram uma espingarda calibre 22; um único cartucho desse mesmo calibre; e cartuchos calibre 36.

Noelson foi preso em flagrante e apresentado ao delegado Gerson José de Sousa, na Delegacia da Polícia Civil em Niquelândia.

ROUBO À MÃO ARMADA – Outra ocorrência registrada ontem pelo GPT em Colinas diz respeito à prisão de um dos dois rapazes suspeitos de envolvimento em um roubo a residência ocorrido na noite do último dia 29 de novembro.

Segundo os militares, uma dona de casa de 30 anos procurou o Destacamento da PM em Colinas para relatar que teve a casa arrombada e invadida por indivíduos, identificados pelas alcunhas de “Júnior” e “Yago”.

Naquele dia, de acordo com a vítima, os dois rapazes portavam um revolver e uma espingarda. A mulher chegava à residência quando deparou-se com Yago, armado.

Ele e “Júnior”, na sequência, colocaram as armas no rosto da mulher e a ameaçaram de morte, de forma aterrorizante. “O problema não é com você. Estamos atrás de um rapaz de Alto Paraíso. Se você falar algo para alguém ou para a polícia, nós voltamos aqui e lhe matamos”, afirmaram.

Ambos os rapazes, de acordo com o Registro de Atendimento Integrado (RAI) elaborado pelo GPT, possuem envolvimento com o tráfico de drogas e outros delitos.

A vítima disse aos militares do GPT que não registrou a ocorrência antes pois ficou com medo dos indivíduos; e também porque não tinha com quem deixar seus cinco filhos para deslocar-se até Niquelândia para o registro da ocorrência.

Porém, na data de ontem, o GPT de Niquelândia localizou o indivíduo de prenome “Júnior”, que confessou participação no delito.

Na casa dele, a Polícia Militar encontrou uma espingarda calibre 12 e dois cartuchos calibre 36. O rapaz foi encaminhado à DP de Niquelândia, onde foi autuado em flagrante.

TENTATIVA DE HOMICÍDIO – Por volta das 15h30 de ontem, o GPT de Niquelândia tomou conhecimento de uma tentativa de homicídio em Colinas do Sul, onde um indivíduo de prenome Fábio Júnior foi atingido com vários golpes de faca.

Com medo de ser morto, esse rapaz buscou atendimento médico em cidade não-especificada na ocorrência pelos militares, por questões de segurança.

Mediante denúncia anônima, os militares foram à procura de um homem identificado posteriormente como sendo Divair José Catenaci, de 29 anos.

Havia a informação preliminar de que esse indivíduo e seu irmão – não-identificado – tinham rixa com Fábio Júnior para obter o comando do tráfico de drogas no município, de apenas 4 mil moradores.

Divair confessou ao GPT que, de fato, deu as facadas em Fábio Júnior por desacordo na compra de entorpecentes. Segundo o autor da tentativa de homicídio, a arma era de Fábio Júnior.

No embate entre os dois, Divair tomou-lhe a faca e avançou contra seu algoz.  Na casa dele, o GPT encontrou cinco munições calibre 22.

O indivíduo também foi encaminhado ao DP de Niquelândia, onde foi autuado em flagrante pela tentativa de homicídio.

NIQUELÂNDIA – Em patrulhamento pelo Jardim Atlântico, em busca dos autores de um furto de celular de uma mulher (ocorrência registrada anteriormente), o GPT prendeu Semmy Rodrigues da Silva, de 19 anos; e Joelson Coelho Barbosa, de 18.

O primeiro a ser localizado foi Joelson, que confessou aos militares a autoria de diversos roubos na cidade do Norte do Estado, para pagar dívidas contraídas na compra de entorpecentes.

Eles utilizavam a motocicleta da mãe do outro jovem (Semmy) para a prática dos crimes.

Joelson levou os militares do GPT ao local onde guardavam os objetos furtados/roubados, bem como a arma que usavam nas abordagens.

Foram achados quatro celulares e uma arma de fogo, de fabricação artesanal. Na sequência, o GPT foi ao encalço de Semmy.

Este, ao ser preso, disse aos policiais que aceitou ser comparsa de Joelson pois não estava conseguindo pagar as parcelas da motocicleta.

O primeiro delito praticado pela dupla, segundo a PM, foi um assalto a uma mercearia/panificadora no Bairro Alvorada.

 

 

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias