Publicidade

Niquelândia

Agricultura apresenta caminhões-basculantes zero quilômetro conseguidos por Fernando Carneiro

Veículos pesados foram cedidos pelo Governo de Goiás por cinco anos à Prefeitura de Niquelândia, como fruto de convênio firmado entre o Estado com o Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Setor Agropecuário (Prodesa) do Governo Federal: apoio ao agronegócio, segundo o secretário Lucas Souza

Em evento realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura na manhã desta quarta-feira (17) no Parque Agropecuário, o prefeito Fernando Carneiro (PSD) e o secretário-titular da pasta, Lucas Souza, apresentaram oficialmente dois novos caminhões-basculantes – modelo Ford Cargo, ambos zero-quilômetro – que irão servir aos pequenos e médios produtores rurais da extensa área territorial da cidade do Norte do Estado, a maior entre os 246 municípios goianos.

Segundo Lucas, a destinação dos novos caminhões à Prefeitura de Niquelândia se deu através de convênio celebrado ainda em 2017 entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Governo do Estado de Goiás, fruto de emenda de bancada dos deputados federais goianos ao Orçamento Geral da União (OGU), no valor de R$ 103 milhões.

INCRA – Como fruto de convênio com o Incra, Prefeitura de Niquelândia também recebeu uma grade aradora para fomentar o agronegócio na zona rural [Foto: Euclides Oliveira]
O trâmite à liberação dos recursos foi encaminhado pela Caixa Econômica Federal através do Prodesa (Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Setor Agropecuário) do Governo Federal.

Por meio do Prodesa, segundo o secretário de Agricultura, os caminhões foram comprados pelo Governo do Estado e repassados ao Poder Executivo através de um “Termo de Cessão de Uso” (um empréstimo formal) por um período de cinco anos, que poderá ou não ser renovado ao término da vigência deste acordo.

Piqui, Léo Ferreira, Eduardo Salgado, Visconde, Juliana Campos, prefeito Fernando Carneiro, Lucas Souza e Jonas Barbosa, durante o evento na Pecuária [Foto: Euclides Oliveira]
USO DOS CAMINHÕES REQUER CADASTRO PRÉVIO – “Esses caminhões chegam agora para que possamos impulsionar a cadeia do agronegócio em nosso município, ajudando na melhoria da trafegabilidade, através de serviços de encascalhamento, para o correto escoamento da produção feita em assentamentos da zona rural. Para tanto, o produtor fará seu cadastro aqui na sede da secretaria de Agricultura e, de acordo com a demanda e o volume de inscrições, vamos atender aos pedidos. Porém, vale lembrar que existem algumas restrições e os caminhões não poderão ser utilizados para finalidades diferentes das necessidades do agronegócio”, detalhou o secretário Lucas Souza.

INCRA – Por meio de convênio com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a Secretaria Municipal de Agricultura também recebeu outros dois importantes implementos agrícolas: uma grade aradora; e uma carretinha agrícola, também através de “cessão de uso” que serão utilizados nos trabalhos de correção/preparo do solo onde serão desenvolvidos variados cultivos na zona rural de Niquelândia.

Junto à Receita Federal, Poder Executivo de Niquelândia conquistou a doação de um furgão voltado ao transporte de passageiros [Foto: Euclides Oliveira]

RECEITA FEDERAL – Na oportunidade, a administração do prefeito Fernando Carneiro também apresentou, à municipalidade, veículos doados ao Poder Executivo pela Receita Federal, dentre eles um ônibus rodoviário de turismo (com motor Scânia) e um furgão Renault Master (cor prata, para o transporte de passageiros).

Fruto de operações de combate ao tráfico de drogas e ao contrabando de cigarros realizadas em Foz do Iguaçu/PR – na fronteira do Brasil com o Paraguai – veículos apreendidos pela Polícia Federal (PF) e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) normalmente são colocados à venda para terceiros em leilões públicos da Receita Federal.

Porém, parte deles são cedidos pela própria Receita às prefeituras de todo o Brasil – mediante solicitação formal, tal como fez o prefeito de Niquelândia – para auxílio na renovação da frota de municípios em dificuldades econômicas para aquisição de veículos zero quilômetro.

Ônibus de Turismo, ano 1997, foi conquistado pela Prefeitura de Niquelândia junto à Receita Federal, como fruto de operações realizadas pela PF e PRF na fronteira do Brasil com o Paraguai [Foto: Euclides Oliveira]

 

 

 

 

Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar