Niquelândia

Católicos se emocionam com padre Marcos Rogério em Missa de Cura e Libertação na Festa de São Sebastião

Nascido em Mara Rosa, religioso de 42 anos comanda a Paróquia Nossa Senhora Assunção em Goiânia, desde 2008: missa também foi marcada pela revelação da cura de tumor ocular em uma criança de Niquelândia, que esteve anteriormente com sua família em outra missa do padre no município de Guapó

“Toma vergonha na sua cara, criatura”. Agradeça mais, louve mais e deixa Deus agir”. Dono de uma comunicação persuasiva – marcada pela repetição de frases motivacionais que reforçam a importância de prosperar na Fé Cristã – o padre Marcos Rogério de Oliveira arrebanhou uma verdadeira multidão de católicos em Niquelândia na noite da sexta-feira (18), ocasião em que celebrou missa na Novena e Festa de São Sebastião, no Bairro Soares.

Nascido em Mara Rosa, também no Norte do Estado, padre Marcos Rogério exerce atualmente a função de pároco da Paróquia Nossa Senhora Assunção, em Goiânia. Ele ocupa o cargo desde agosto de 2008.

Ordenou-se padre há 16 anos e destaca-se, em Goiás e no Brasil, como um dos mais eficientes e importantes representantes da Renovação Carismática Católica (RCC), movimento surgido há 50 anos dentro da Igreja (mais informações sobre a carreira do religioso no final desta reportagem).

FESTEIROS – O casal de festeiros Celso e Deuzilene Salgado, com a imagem de São Sebastião: responsabilidade imensa em organizar uma novena/festa que cresce a cada ano em Niquelândia [Foto: Euclides Oliveira]
A MISSA EM NIQUELÂNDIA – Em sua homilia na Novena de São  Sebastião – onde esteve a convite do casal de festeiros Celso e Deuzilene Salgado, com respaldo do frei Gilberto de Jesus – padre Marcos Rogério pregou aos católicos da cidade que procurem ter a exata percepção da postura que possuem em relação à própria existência, pensando sempre numa caminhada diferente, com olhar à frente dos acontecimentos do passado.

De acordo com o religioso, numa analogia com as pessoas portadoras de deficiência física, muitos fiéis estão “paralíticos no tempo”, apesar de já estarmos vivendo no ano de 2019.  Para padre Rogério, quem vive em função daquilo que ainda não conseguiu transformar em sua vida, deixa de acreditar e de sonhar com a possibilidade de renovar-se e projetar um futuro carregado de bênçãos.

REPOUSO NA PALAVRA DE DEUS – “Tem muita gente morta-viva atualmente. Tem gente que corre tanto e está tão cansada, porque ainda não teve a possibilidade de parar e perceber onde é que Deus está dizendo para ela mudar a sua história; a sua vida; e seu rumo; para olhar adiante caminhando naquilo em que Deus tem como proposito para sua vida. Assim, Deus vai falando conosco através da sua palavra e vai nos dando descanso, repouso. Quando a Palavra tiver um sentido profundo em nossa vida, perceberemos que é no descanso em Deus que vamos encontrar as respostas para aquilo que estamos buscando”, afirmou padre Marcos Rogério.

O REENCONTRO  – Um dos momentos mais emocionantes da celebração do padre em Niquelândia foi a aparição-surpresa de um garotinho chamado Miguel.

A criança foi chamada pelo religioso para que fosse até sua direção no corredor central da estrutura de tendas onde estava sendo realizada a Novena de São Sebastião.

No relato aos fiéis, pouco antes do reencontro fraterno entre os dois, padre Marcos Rogério contou que celebrava uma missa em Guapó (cidade da região metropolitana da capital) e relatou o momento único do seu primeiro contato com o menino, que levou vários niquelandenses às lágrimas naquele momento.

CURADO DE UM TUMOR OCULAR – “No momento da oração, quando eu celebrava em Guapó, Deus havia me mostrado um menino que estava ali, com a família, sendo curado de um tumor num dos olhos. Eu falei que o nome dele era Miguel, porque Deus havia me relevado. Depois, quando fui jantar numa determinada casa em Guapó, ali estava o Miguel, esperando para me encontrar. E antes de eu vir para cá, para Niquelândia, eu recebi um testemunho da mãe do Miguel, dizendo que ele estava curado. E o Miguel é daqui, é de Niquelândia. Ele está aqui, lá no fundo. Venha até o padre, Miguel. A prova de Deus é assim”, contou o padre, sendo bastante aplaudido pelos fiéis [Foto: Pastoral da Comunicação/Pascom – Santuário São José]
Mais ao final da missa, padre Marcos Rogério também comandou fervoroso e intenso Momento de Cura e Libertação. Segundo a Renovação Carismática Católica (RCC), o poder pela Fé pode ajudar na cura física; fortalecer a saúde mental; e trazer paz ao espírito dos que creem.

Dessa forma, o sinal da cura do milagre de Deus fica mais visível entre os que são libertos de situações de opressão e possessão diabólica.

MOMENTO DE CURA E LIBERTAÇÃO – Em Niquelândia, entre as várias pessoas que se sentiram tocadas para ir espontaneamente até a frente do altar – demonstrando emoção sincera e visível – parte delas vivenciou o momento formalmente conhecido “repouso no Espírito Santo” (queda) através da imposição das mãos feita por padre Rogério na Oração de Cura e Libertação [Foto: Euclides Oliveira]
INDELICADEZA – O único senão deste momento – para quem estava trabalhando na cobertura jornalística da missa do Padre Marcos Rogério – foi a rispidez de uma assessora direta do religioso ao ordenar que os membros da Pastoral da Comunicação (Pascom) da Paróquia São José e a reportagem do Portal Excelência Notícias interrompessem a transmissão ao vivo (live) em suas respectivas páginas no Facebook, em prejuízo direto dos católicos da cidade que não puderam estar presencialmente na Novena de São Sebastião.

PEGOS DE SURPRESA – Celso e Deuzilene Salgado, festeiros desse ano, estavam completando 34 anos de matrimônio no dia da missa do padre Marcos Rogério: num raro momento de descontração, dada a seriedade e sisudez com que conduzia a celebração, o religioso pediu que o “noivo” Celso beijasse a “noiva” Deuzilene, para delírio dos fiéis. O casal ficou um tanto quanto constrangido, mas disse um novo “sim” para a união, três décadas depois [Foto: Euclides Oliveira]

PADRE MARCOS ROGÉRIO: TRAJETÓRIA IMPECÁVEL A SERVIÇO DOS CRISTÃOS

A biografia do religioso – de 42 anos – relata que o padre Marcos Rogério de Oliveira entrou para o Seminário São Pedro, na capital, com apenas 14 anos.

Aos 12 anos – diante da imagem de Nossa Senhora de Fátima, ainda em Mara Rosa – o então garoto sentiu forte desejo de ingressar na vida sacerdotal.

Licenciado em Filosofia pela atual Pontíficia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), tornou-se posteriormente bacharel em Teologia pelo Instituto Santo Inácio de Loyola (ISI) em Contagem/MG.

Em 2002, aos 26 anos, foi ordenado padre. No mesmo ano, foi nomeado reitor do Seminário e Vigário da Paróquia Jesus Bom Pastor, também em Goiânia.

Padre Marcos Rogério também viveu três anos na Espanha para aprimorar seus estudos religiosos e obteve o título de Mestre em Liturgia pelo Instituto Superior de Liturgia, em Barcelona.

COMUNHÃO – Na distribuição da hóstia consagrada aos fiéis, a ministra de Eucaristia Vera Bernardes Araújo Rocha teve a primazia de participar deste momento juntamente com o padre Marcos Rogério [Foto: Euclides Oliveira]
Dada sua vocação para cantar – e por considerar a música uma experiência concreta da fé – padre Marcos Rogério gravou três CDs, sendo dois de músicas e um com Orações de Cura e Libertação.

O primeiro deles foi produzido durante um ano, mas a ideia inicial era somente para ajudar nas obras de reforma e ampliação da paróquia onde atua. Deu tão certo que vendeu 20 mil unidades, quatro vezes mais que a previsão inicial.

O PADRE QUE ARREGIMENTA ALMAS – O currículo invejável do religioso nascido em Mara Rosa proporcionou um dos maiores públicos dos últimos anos em celebrações da Igreja Católica em Niquelândia, na última sexta-feira/18, durante a Novena e Festa de São Sebastião: em destaque, numa das primeiras fileiras da missa, destaque às presenças de Edite Rocha (ex-primeira-dama de Niquelândia, viúva do ex-prefeito Sebastião Rocha) acompanhada de seu filho, Márcio Rocha, diretor-presidente da Rádio Mantiqueira 92,3 FM [Foto: Euclides Oliveira]
Em 2016, o religioso lançou o DVD intitulado “Ele Está no Meio de Nós”, com uma coletânea de 21 vídeos em que padre Marcos Rogério aborda temas reflexivos ao cotidiano, como saudade e perdão, por exemplo.

Um ano antes, em 2015, havia lançado um livro com o mesmo nome onde fez constar relatos reais de 14 pessoas que alcançaram cura e libertação.

A vendagem foi tão elevada que rendeu uma citação da obra entre as 10 mais vendidas do Brasil, pela revista “Veja”. Em entrevista à Pascom e ao Excelência Notícias, após a missa, o padre Marcos Rogério descartou eventual condição de “estrela” pelo sucesso alcançado em sua trajetória religiosa dentro da Igreja Católica.

VOCAÇÃO PRECOCE – Aos 12 anos – diante da imagem de Nossa Senhora de Fátima, ainda em Mara Rosa – o então garoto Marcos Rogério sentiu forte desejo de ingressar na vida sacerdotal: ordenado padre em 2002, tornou-se um dos religiosos mais respeitados e populares de Goiás e hoje, perto de completar 43 anos, realiza missas em todo o Brasil [Foto: Euclides Oliveira]
Nas palavras dele, embora cada padre tenha o seu dom e o seu chamado, o único objetivo de todos é propagar a Palavra do Senhor “A Igreja precisa ser transparente. Nós, os sacerdotes, precisamos também ser transparentes. Nós (os padres) não somos estrelas, somos apenas luzes que apontam o caminho. Quem é estrela é somente Jesus Cristo’, afirmou o padre.

NOVO LIVRO – Depois da entrevista, padre Marcos Rogério recepcionou os fiéis de Niquelândia e concedeu uma dedicatória aos que compraram (por R$ 30,00) um exemplar de seu novo livro, intitulado “Demos Graças à Deus”, em dois pontos de venda improvisados no espaço da novena. A espera para um rápido momento para tirar uma foto com o religioso levou cerca de uma hora, após longas filas.

Outras informações sobre a vida e a carreira religiosa do padre Marcos Rogério podem ser obtidas no site https://padremarcosrogerio.com.br

DEDICATÓRIA – Empresária do setor supermercadista em Niquelândia, Durcilene Ribeiro fez questão de adquirir o novo livro do padre Marcos Rogério, que lhe ofertou uma dedicatória muito especial [Foto: Euclides Oliveira]
Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias