Niquelândia

Matou “Tranqueira” em Padre Bernardo e foi preso no Faz Tudo

Willian Tranqueira da Paixão havia sido assassinado com 26 facadas no dia 01/08 no Povoado de Trajanópolis pelo rapaz que fugiu para Niquelândia

O desocupado Wallas de Oliveira Barbosa, de 20 anos, foi preso por volta das 15 horas da terça-feira (7) no Povoado Faz Tudo – distante 45 quilômetros da área central de Niquelândia, às margens da rodovia BR-414 – por policiais civis lotados no Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) do município. Wallas é principal suspeito por um assassinato ocorrido no Distrito de Trajanópolis, em Padre Bernardo, às margens da BR-080 no último dia 1º.

De acordo com o delegado Cássio Arantes do Nascimento, havia mandado de prisão expedido contra o rapaz pela comarca do município localizado no Entorno de Brasília em função da morte de Willian Tranqueira da Paixão, que foi arrastado para um matagal onde recebeu 26 golpes de faca.

Três dias depois – no sábado (4) – Wallas tentou matar Carlos Hernane Tranqueira da Paixão, que era irmão de Willian.  Carlos foi alvejado por um tiro. Segundo Cássio Arantes, o Serviço de Inteligência da Polícia Civil de Goiás recebeu informações de que Wallas estaria escondido no Povoado Faz Tudo; e a Delegacia de Padre Bernardo solicitou apoio dos policiais niquelandenses à captura do rapaz.

Foi feita uma campana no local que seria a casa do suspeito e a prisão foi efetuada, no momento oportuno. O suspeito ainda tentou se esquivar da ação policial se identificando como Elizeu, – de 25 anos, que é seu irmão – sem sucesso.

De acordo com a Polícia Civil de Padre Bernardo, o rapaz localizado no Povoado Faz Tudo é um elemento de alto grau de periculosidade, que está sendo investigado pela autoria de mais outros dois homicídios e assaltos em fazendas do município do Entorno de Brasília.

No corpo dele, há várias tatuagens que demonstram personalidade criminosa como caveira mexicana que simboliza a “morte, numa das pernas; e um demônio segurando balanças que significa a “balança da justiça do diabo”, nas costas.  Wallas foi recolhido a Unidade Prisional de Niquelândia (UPN) no Setor Santa Efigênia, onde aguarda transferência para a cadeia de Padre Bernardo. (Informações das delegacias da Polícia Civil de Niquelândia e de Padre Bernardo)

Palavras-chave

Veja também