Eleições 2020Uruaçu

Valmir Pedro causa revolta em jovens de Uruaçu após discurso sobre festas e uso de drogas

Fala do prefeito e candidato a reeleição, gravada em vídeo, circulou fortemente nas redes sociais na noite da quinta-feira/23: juventude rebelou-se contra chefe do Executivo em gravações onde disseram que não precisam consumir entorpecentes para se divertirem em eventos públicos da cidade do Norte

O prefeito de Uruaçu e candidato a reeleição, Valmir Pedro (PSDB), causou polêmica na noite da quinta-feira (23) ao dizer que o grupo político que apoia a eleição do candidato Azarias Machado Neto, o Machadinho (DEM), defende a volta da realização de festas populares no município – como o Carnaval, por exemplo –  para estimular o consumo de drogas ilícitas pelos jovens da cidade do Norte do Estado.

A repercussão negativa do episódio – diante do desastroso discurso do chefe do Executivo – foi enorme nas redes sociais. Dezenas de moças e rapazes gravaram vídeos curtos onde diziam “eu sou jovem, gosto de festas e não uso drogas” para manifestar repúdio às palavras de Valmir Pedro.

Visivelmente transtornado e utilizando um tom de voz raivoso, o prefeito fazia campanha eleitoral na região dos residenciais Marisa Araújo, Jorgina Rodrigues e Dom José – próximos ao Vale do Sol – no alto de um carro de som.

Em dado momento do pronunciamento – registrado em vídeo de um minuto e quarenta segundos – Valmir Pedro invocou a ‘defesa das famílias uruaçuenses’ para justificar a acusação indireta em desfavor de apoiadores de Machadinho que trabalham com eventos de entretenimento e lazer.

Por tais iniciativas, artistas de renome nacional como Wesley Safadão e Gusttavo Lima já se apresentaram em Uruaçu. Com grande presença de público de várias cidades do Norte, os shows com músicos famosos sempre movimentaram a economia local nos segmentos de hotéis, bares e restaurantes.

Tais empresas, notadamente, perderam incríveis bolos de receita em seus negócios; e tiveram de demitir boa parte de seus funcionários com a decisão de Valmir Pedro em retirar Uruaçu do rol de cidades com atrativos turísticos em Goiás, caso da Praia da Generosa no Lago de Serra da Mesa.

Valmir Pedro – que é evangélico – decretou o fim do Carnaval de Rua na cidade, na Avenida Transbrasiliana logo após tomar posse no cargo, há quase quatro anos: o evento popular não é realizado desde 2017.

O QUE DISSE VALMIR – “Agora, sabe porque ‘eles’ [o grupo político de Machadinho] estão desesperados? Porque a ‘turma do camarote’, das ‘festinhas abastecidas com drogas’, está querendo voltar. Mas nós não vamos permitir, porque esse é um governo da família e daqueles que respeitam o próximo”, afirmou Valmir Pedro, igualmente desesperado com a possibilidade de não ser reeleito no próximo dia 15 de novembro.

Em seguida, Valmir Pedro também estimulou a corrupção eleitoral em Uruaçu ao defender que eventuais eleitores de Machadinho aceitassem receber dinheiro do empresário do ramo de transporte de combustíveis, sem precisar confirmar o voto no candidato do DEM à prefeitura.

JUSTIÇA SUSPENDEU TEMPORADA DE FÉRIAS – Como se sabe, desde que assumiu o cargo de prefeito, Valmir Pedro decidiu pela realização da “Temporada de Férias”, nos meses de julho; e pela festa conhecida como “Arraiá do Betinho’’, onde foram investidas grandes somas de dinheiro público em festas notadamente mais caras que o próprio Carnaval realizado por administrações anteriores em Uruaçu.

No ano passado, a “Temporada de Férias” foi suspensa por determinação judicial pelo juiz Leonardo Naciff Bezerra. O magistrado acatou pedido do Ministério Público (MP) e entendeu que o direito ao lazer da população não podia se sobrepor ao direito dos credores da Prefeitura de Uruaçu em receber por serviços prestados ao município, em função do alto grau de endividamento na atual gestão do Poder Executivo.

 

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar
×

Converse online pelo WhatsApp com o Portal Excelência Noticias

× Fale agora com o Excelência Noticias