Publicidade

Turismo

JOSEPHINA’S – Comida de Tradição – 1º Festival Gastronômico do Vale Serra da Mesa ocorrerá em Niquelândia no fim de setembro

Iniciativa da Associação Comercial recebe apoio da Goiás Turismo, Prefeitura de Niquelândia, Sindicato Rural, Sebrae e Embaixada de Portugal no Brasil: nome escolhido remete às senhoras Josefinas, cujas quitandas seculares foram imortalizadas na culinária local pelas gerações seguintes

O Centro Histórico de Niquelândia – ao redor da Igreja Matriz da cidade do Norte do Estado – vai ganhar um ambiente turístico diferenciado nos dias 27 e 28 de setembro quando o município sediará o “JOSEPHINA’S – Comida de Tradição – 1º Festival Gastronômico do Vale Serra da Mesa/Niquelândia-GO”

Idealizado pela Associação Comercial e Industrial de Niquelândia (Acin), a estruturação do evento está sob intenso planejamento da Agência Goiana de Turismo (Goiás Turismo), atualmente presidia por Fabrício Amaral.

A iniciativa da Acin recebe apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae) em Goiás (por meio da gerência sediada em Porangatu, através do Programa Líder Norte); do Sindicato Rural de Niquelândia; da Embaixada de Portugal no Brasil; do movimento apartidário denominado “Pacto de Niquelândia”; e da Prefeitura Municipal de Niquelândia, através da Superintendência Municipal de Cultura; e da Secretaria Municipal de Turismo.

ESFORÇO CONCENTRADO – “Essa é a melhor iniciativa da Associação Comercial de Niquelândia nos últimos anos. Agora, com essa parceria firmada com a Goiás Turismo e com a nossa prefeitura, tenho a certeza de que nossa cidade terá condições de desenvolver esse projeto do Festival Gastronômico. Da minha parte, não estou medindo esforços para ajudar naquilo que for possível dentro da minha secretaria; e vou levar essa ideia até o final para fazermos um grande evento, com apoio do nosso prefeito Fernando Carneiro”, comentou a secretaria de Turismo da cidade, Roneide Pereira da Silva.

GOIÁS TURISMO – De acordo com a coordenadora de Gastronomia da Goiás Turismo, Sonea Stival – responsável pela contribuição técnica com a organização do evento em Niquelândia – a autarquia do governo estadual trabalha com projetos regionais de fomento às atividades empresariais na área de turismo e lazer.

Dessa maneira, Sonea detalhou que os municípios integrantes da Região Vale da Serra da Mesa (que faz parte do Mapa Turístico do Estado de Goiás) terão espaço assegurado à participação no 1º Festival Gastronômico.

Ou seja, o niquelandense, moradores de Goiânia, de Anapólis e da própria região poderão conhecer produtos agregados ao Turismo (como artesanato, cachaça, licor, doce, queijo, rapadura, dentre outros) processados em Minaçu; em Uruaçu; em Padre Bernardo, em Porangatu; e em Mara Rosa.

Essa última não está inserida no Mapa Turístico, mas possui relevante destaque no Estado pela produção de açafrão com elevado grau de pureza. Estão previstas, ainda, apresentações artísticas e culturais.

Em abril deste ano, o presidente da Goiás Turismo esteve em evento do Programa Líder Norte do Sebrae em Porangatu, oportunidade em que garantiu a realização de eventos gastronômicos no Norte do Estado, o que está ocorrendo agora em Niquelândia.

OS PREPARATIVOS – Na companhia dos experientes chefs de cozinha Humberto Marra e Gilmar Borges, a coordenadora de Gastronomia da Goiás Turismo esteve em Niquelândia para uma extensa uma reunião na sede da Acin, na tarde da sexta-feira (16), onde conversou por mais de quatro horas com os proprietários de oito bares/restaurantes do município.

Segundo ela, fez-se o levantamento prévio à definição do cardápio de pratos que serão oferecidos nos quiosques que serão montados/estruturados no Centro Histórico de Niquelândia pela Goiás Turismo, para o Festival Gastronômico.

COM O GOVERNADOR - Carlos da Líder, Ana Mathilde e Roberto Fernandes, presidente da Acin, apresentaram o evento ao governador Ronaldo Caiado na última semana, na Tenda da OVG [Foto: Euclides Oliveira]
COM O GOVERNADOR – Carlos da Líder, Ana Mathilde e Ronaldo Fernandes, presidente da Acin, apresentaram o evento ao governador Ronaldo Caiado na última semana, na Tenda da OVG [Foto: Euclides Oliveira]
Outro espaço programado à apreciação das tradicionais e singulares quitandas – com receitas antiquíssimas, que remetem às gerações passadas da cidade quase tricentenária – será a “Casa de Chá”.

A “Casa de Chá” deverá funcionar num dos antigos casarões de Niquelândia, com a participação da Associação dos Produtores Rurais das Regiões do Criminoso e Silveira (Coopercrim, que integra o Projeto Sabores da Fazenda); e da Associação das Mulheres do Rio Vermelho (Amurv).

As duas entidades são bastante reconhecidas em Niquelândia pela qualidade praticamente artesanal de seus doces, compotas e licores, vendidos de porta em porta nas áreas urbana e rural do município. Parte da produção também já é vendida em alguns supermercados da cidade.

INTEGRAÇÃO – “Trata-se de um projeto que integra vários setores. Nessa primeira reunião, com os empresários do ramo da gastronomia em Niquelândia, ficou acertado que teremos um cardápio bastante variado nesse primeiro festival gastronômico da Região do Vale da Serra da Mesa, focado nas ‘comidas de tradição’. O evento em Niquelândia, com esse nosso apoio da Goiás Turismo, servirá como alavancador de um projeto de desenvolvimento juntamente com outras ações de continuidade, que estão sendo trabalhadas e pensadas no próprio município”, comentou Sonea Stival.

GOIÁS TURISMO – Sonea Stival (no centro da imagem, à esquerda) esteve na reunião na Acin em Niquelândia acompanhada dos chefs de cozinha Humberto Marra e Gilmar Borges  [Foto: Euclides Oliveira]

De acordo com a ex-secretária de Cultura de Niquelândia, Ana Mathilde Martins de Souza, a escolha pelo nome “Josephina’s”  (com a antiga grafia em “ph”) remete às senhoras do município, devotas de São José, santo padroeiro da cidade,  Por isso, as “Josephinas” perpetuaram receitas de sabor inconfundível, repassadas para as gerações seguintes.

Seu irmão Paulo Helder Martins – estudioso voraz da história de Niquelândia – ressalta que o apoio da Embaixada de Portugal no Brasil ao 1º Festival Gastronômico foi consolidado pelo fato de que o atual município fora descoberto em 1735 pelo desbravador português Manoel Rodrigues Tomar.

Ele e Antonio de Sousa Bastos encontraram ouro na região do Traíras (antiga Tupiraçaba), onde fundaram uma vila próspera. Vinte anos depois, em 1755, surgiu o Povoado de São José do Tocantins, redenominado Niquelândia em 1943 pela descoberta das jazidas de minério de níquel na região.

TURISMO COMO FOMENTO À ECONOMIA – Segundo o presidente da Associação Comercial de Niquelândia, Ronaldo Fernandes da Silva, a ideia do 1º Festival Gastronômico da cidade surgiu em reuniões com a diretoria da entidade, quando ainda se discutia que tipo de evento fomentaria o comércio e o turismo na região, com reflexos positivos na economia do município.

Depois de várias conversas, contou Ronaldo, a Acin entendeu que o Turismo com foco na área da Gastronomia seria algo importante para Niquelândia, uma vez que grande número de turistas frequentam o Lago Serra da Mesa.

Porém, segundo o dirigente da entidade classista, boa parte dos visitantes sequer passam pela área urbana do município para apreciar as riquezas culturais e culinárias que a cidade possui.

FUTURA POTÊNCIA GASTRONÔMICA – “Uma das nossas riquezas, justamente na área de alimentação, não é conhecida fora daqui. Por isso, buscamos essa parceria com a Goiás Turismo e por meio do Sebrae, chegamos à Sonea e ao Fabrício, dada a experiência bem-sucedida de ambos na organização de festivais gastronômicos em Nova Veneza; em Quirinópolis; em São Simão; e em Terezópolis de Goiás, por exemplo. Mas a própria Sonea – há cinco anos, num trabalho em parceria com a UEG – nos contou que já tinha identificado essas riquezas da nossa gastronomia. Dessa forma, nosso interesse é que Niquelândia se torne uma potência nessa área, a exemplo do que ocorre nos municípios que eu citei”, comentou o presidente da Acin.

SERVIÇOJOSEPHINA’S – Comida de Tradição – 1º Festival Gastronômico do Vale Serra da Mesa/Niquelândia-GO”  será lançado oficialmente anunciado pelos organizadores no próximo dia 10 de setembro, na sede da Associação Comercial e Industrial do município.

FOMENTO AO TURISMO – 1º Festival Gastronômico de Niquelândia está inserido no contexto regional da Região Vale Serra da Mesa, que faz parte do Mapa Turístico de Goiás: reunião produtiva na Acin [Foto: Euclides Oliveira]
Palavras-chave

Veja também

Botão Voltar ao topo
Fechar